Política / Bastidores

[ BASTIDORES ] Movimento pantaneiro em Brasília

Da redação Publicado em 13/04/2021, às 06h00

None

Difícil

O senador Nelsinho Trad (PSD-MS) foi designado relator dos projetos de lei de quebra de patentes de medicamentos e vacinas contra a Covid-19. Ele reconheceu que o tema é complexo.

Conversando

Ele disse estar conversando com diferentes setores para dar seu parecer. "Estou me reunindo com representantes da indústria farmacêutica, do Butantã, Fiocruz, dos Ministérios da Saúde, Ciência e Tecnologia, Economia, Relações Exteriores e embaixadores dos países produtores das vacinas, OPAS/OMS, UNAIDS, entre outros especialistas do setor, para entender os prós e os contras de se quebrar patentes a fim de atender a demanda de medicamentos e insumos do Brasil", escreveu no Twitter.

CPI da Polêmica 

A abertura da CPI da Covid-19 no Senado segue rendendo até mesmo na Câmara dos Deputados. O deputado federal Luiz Ovando (PSL-MS) disse ser favorável, desde que prefeitos e governadores também sejam investigados. "Se o Brasil tivesse imprensa séria, preocupada com a correta aplicação de verba pública, estaria pressionando o Senado para incluir governadores e prefeitos na CPI da Covid-19. Mas ocorre o contrário. Parte dela quer apenas o presidente, o inimigo a ser vencido e não a corrupção", escreveu no Twitter.

Eu também, amigo

A senadora Soraya Thronicke (PSL-MS) é a única do Estado a apoiar o pedido. "São os prefeitos e governadores os ordenadores de despesa na ponta. Acredito que a pandemia já foi muito usada para politicagem e não devemos deixar que a CPI siga por este caminho", declarou.

Genocida não

Luiz Ovando voltou à carga com o termo "genocida", usado frequentemente pela oposição para criticar a postura do presidente Jair Bolsonaro frente à pandemia. "Genocida é quem defende e prescreve dipirona contra a Covid-19", disparou no Twitter.

Aprendizados da quarentena

Cada vez mais trabalhando em casa devido à pandemia, o deputado estadual Pedro Kemp (PT) encontrou um passatempo durante a quarentena. "O primeiro tomate e a primeira berinjela da horta caseira a gente nunca esquece. Produtos orgânicos. A produção vai indo bem. O que a pandemia não faz a gente fazer. Daqui uns dias vou criar uma vaca no meu quintal, tirar leite, fazer queijo", divertiu-se em publicação no Facebook.

Velho amigo

O deputado estadual Coronel David (sem partido) deve se reunir em breve com o presidente Jair Bolsonaro. Ambos devem decidir os rumos que irão seguir em 2022.

Indecisos?

Ambos estão sem legenda e precisam de uma para disputar a reeleição aos seus respectivos cargos nas eleições do ano que vem. Desta vez, David alertou publicamente que não haverá espaço para o que define como aproveitadores. "Ninguém vai mais enganar o presidente, ele deixou isso bem claro, a gente espera realmente que entrem no nosso barco pessoas que venham demonstrando ao longo do tempo que não roeram a corda. Aquelas pessoas que por ventura vieram com o presidente e tomaram outro caminho depois de 2018, acreditem, não terão apoio de Bolsonaro", disse em entrevista à uma rádio de Campo Grande.

Blogueiro

O deputado federal Loester Trutis (PSL-MS) decidiu apostar suas fichas em um podcast. Para promover o programa, ele tem realizado sorteios constantes.

Enrolado

A iniciativa vem após um período em que Trutis esteve afastado da vida pública, após ser alvo da Operação Tracker. A PF o acusa de forjar o atentado que teria sofrido em fevereiro de 2020.

Jornal Midiamax