Política / Bastidores

[ BASTIDORES ] Contratou de novo

Da redação Publicado em 20/04/2021, às 06h30

None

De novo

Mesma empresa contratada para fazer adequações em sala da Procuradoria-Geral do Ministério Público de Mato Grosso do Sul foi escolhida pela Câmara Municipal de Campo Grande.

R$ 7,5 mil

No Diário Oficial da Casa de Leis desta segunda-feira (19), consta extrato de R$ 7,5 mil com a Demarka Decorações e Serviços. A empresa fará, segundo o contrato, adequação ‘para atender normas de acessibilidade’ em dois gabinetes.

Adequação

No caso do MP, cujo extrato saiu no Diário Oficial do órgão, a contratação da mesma empresa é para ‘execução de serviços de adequação de sala da Procuradoria-Geral de Justiça, incluindo o fornecimento de todos os materiais necessários à execução dos serviços’. O contrato foi fechado por R$ 32,9 mil.

Loucura, loucura

O apresentador Luciano Huck, apontado como possível candidato à Presidência da República, protagonizou uma situação constrangedora com a senadora Simone Tebet (MDB-MS). O caso foi revelado pelo colunista Ancelmo Gois, do jornal O Globo.

Mico

Os dois se encontraram em 22 de fevereiro. Huck não se atentou que a data é o aniversário da senadora, e nem sequer a felicitou. Para o colunista, falta traquejo político ao apresentador.

Cobrança amiga

Nem mesmo a base do governador Reinaldo Azambuja (PSDB) tem lhe dado sossego. Desta vez, o deputado estadual Felipe Orro (PSDB) pediu pela quinta vez desde o início da pandemia para que a Sanesul suspenda o corte de água. Com a inércia da administração tucana, a Justiça já proibiu o corte em Três Lagoas.

Ela também

Mais comedida, a líder do governo na Assembleia Legislativa, Mara Caseiro (PSDB) pediu a instalação de um hospital de campanha em Ribas do Rio Pardo. O secretário de estado de Saúde, Geraldo Resende, já declarou diversas vezes que esse modelo de atendimento se tornou inviável.

A fila só aumenta

Mais indicações chegaram à Assembleia Legislativa para ampliar o grupo prioritário da vacinação contra a Covid-19. O deputado estadual Barbosinha (DEM) solicitou que atendentes de lotéricas tenham prioridade.

Jornal Midiamax