Política / Bastidores

[ BASTIDORES ] Boi de papel na Corte

Da redação Publicado em 27/04/2021, às 06h00

None

Pautado 

Investigado - e preso - na Operação Vostok deve acompanhar atentamente a próxima sessão da Corte Especial do STJ (Superior Tribunal de Justiça), no dia 5 de maio.

Quer de volta

O recurso apresentado por ele para tentar reaver o dinheiro apreendido pela Polícia Federal, em setembro de 2018, é o primeiro da pauta de julgamento.

Mais

Uma apelação já foi parcialmente negada em fevereiro, quando ministro do STJ só autorizou a devolução de aparelhos celulares e outras mídias. Não satisfeito, recorreu de olho no resgate de documentos e dos valores em espécie.

Denunciado

Dois anos depois de ser alvo da PF na Vostok, o investigado virou denunciado pelo MPF (Ministério Público Federal) por corrupção e lavagem de dinheiro, junto com Reinaldo Azambuja (PSDB), implicado no esquema de emissão de notas fiscais falsas de venda de gado.

Bois de papel

Os “bois de papel” teriam rendido R$ 67,7 milhões em propina ao governador tucano.

Não gostei

O deputado estadual Evander Vendramini (PP) decidiu externar publicamente que não gosta do BBB. Na página do G1 no Facebook, ele criticou a TV Globo por exibir cenas do participantes Fiuk e Gilberto, que ficaram nus logo após o paredão de domingo (26). "Que absurdo, uma emissora que tem concessão governamental patrocinando essa zona em cadeia nacional, Bolsonaro tá certo, precisamos rever essa pouco vergonha, nojo desse tipo de mídia", escreveu.

Respostas

Alguns seguidores do portal rebateram o parlamentar de Mato Grosso do Sul. "É só mudar de canal! A TV já vem com controle remoto!", disparou Michele Lavigne. "O melhor é que sua opinião não é nada", opinou Raphael Calixto.

Mas eu gosto

Se Evander já não gosta do reality, o colega de Assembleia Legislativa João Henrique Catan (PL) parece ser um daqueles que acompanham. Em um post no Facebook, ele comparou a eliminação de Viih Tube com o Centrão, bloco de partidos do Congresso Nacional.

Quase uma deputada

"O que todos sabem é que a youtuber é a típica política do centrão, que está onde convém para se favorecer. Ela não tem um lado, se aproxima de quem é conveniente. O público não quer alguém que não assume posições, e isso vale para a política", escreveu Catan. Ao final, o deputado já deixou claro que torce pela eliminação de Camilla.

Visita

A prefeita interina de Sidrolândia, Vanda Camilo (PP), visitou sua candidata a vice, Rosi Fiúza (MDB), após ela receber alta. A emedebista estava internada em Campo Grande tratando da Covid-19. A eleição suplementar na cidade foi suspensa justamente por conta da pandemia e ainda não tem data para retomada.

Insistente

O deputado federal Luiz Ovando (PSL-MS) continua defendendo o chamado "tratamento precoce" para a Covid-19. O conjunto de medicamentos não tem eficácia comprovada contra a doença.

Sem fonte

O parlamentar afirmou em publicação nas redes sociais que o uso da ivermectina, a hidroxicloroquina e a azitromicina supostamente ajudou na recuperação de pacientes e reduziu intenações, sem apresentar qualquer dado que sustente isso. O detalhe é que o post veio com a hashtag #negacionismo, epíteto constantemente usado contra pessoas que defendem o uso desses remédios, principalmente bolsonaristas.

Jornal Midiamax