Política / Bastidores

[ BASTIDORES ] Três senadores de MS são contra fundo para campanha

.

Aliny Mary Dias Publicado em 29/09/2017, às 08h00

None

.

Divergências

Os três senadores de Mato Grosso do Sul, os peemedebistas Waldemir Moka e Simone Tebet, além de Pedro Chaves (PSC), se manifestaram contrário ao projeto aprovado no Senado que criou o Fundo Especial de Financiamento de Campanha.

Imoral

“Cada um deve fazer a campanha com o recurso que tiver. Não é possível tirar dinheiro dos impostos, da saúde, da educação, de projetos sociais, para fazer política. A população não pode ser prejudicada, especialmente num momento como esse, de profunda crise econômica, com 14 milhões de trabalhadores desempregados, quando falta dinheiro para tudo. Isso é imoral”, disparou Pedro Chaves.

Ressalvas

Ex-vereadora Luiza Riberio (PPS) teve as contas eleitorais, referentes a 2016, aprovadas com ressalvas. De acordo com a decisão do juiz Wilson Leite, os vícios apresentados são sanáveis, por isso a aprovação.

Favorável

O vereador André Salineiro (PSD) parabenizou decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) que permite o ensino religioso nas escolas da rede pública. Para ele, a medida mantém os valores da família brasileira.

Legalização

Por outro lado, o tucano aproveitou para criticar o ministro do STF, Luís Roberto Barroso, que é favorável à legalização da maconha no Brasil. A fala teve apoio do presidente da Câmara, João Rocha (PSDB).

Polêmica

Na falta do que debater, tem gente querendo achar polêmica onde não tem e ‘teatralizando’ atuação nas redes sociais.

Corporativismo

Ficou até feia superprodução para alavancar votos em categoria. O outro lado, sem recursos, estranhou tamanho empenho para eleição.

Hino Terena

O hino de Campo Grande na língua Terena foi uma atração para quem acompanhou, na Esplanada Ferroviária, a assinatura do decreto que criou o Conselho Municipal dos Direitos e Defesa dos Povos Indígenas.

Brasil-Síria

O nome do primeiro médico registrado em MS, Syrzil Wilson Maksoud, que faleceu na última terça (27), tem uma origem interessante. Syr, é para homenagear a Síria. Zil, para homenagear o Brasil. A explicação é do prefeito Marquinhos Trad, sobrinho dele.

Previdência

O governador Reinaldo Azambuja tem defendido com unhas e dentes a reforma da Previdência. Ele afirma ser preciso acabar com os privilégios, para preservar os direitos da maioria.

Jornal Midiamax