Política / Bastidores

[ BASTIDORES ] Trad diz que não pensa nas eleições de 2018

.

Aliny Mary Dias Publicado em 17/08/2017, às 08h00

None

.

Eleição 

O prefeito Marquinhos Trad disse que ele e o governador Reinaldo Azambuja não pensam na eleição de 2018. As parcerias de obras na Capital ‘não visam votos’. 

Abençoada

​ Embora muita gente tenha ficado na chuva durante da entrega da obra na rotatória da Via Parque com a Mato Grosso, políticos insistiram em dizer durante discurso que a chuva era para abençoar a ‘inauguração’.

Furada

No local havia uma tenda para abrigar as autoridades e quem foi acompanhar a agenda, mas as goteiras tomaram conta devido aos furos na cobertura. Além disso, a estrutura não comportou todos os presentes.

Incomodado

O prefeito Marquinhos Trad (PSD) não gostou de ser questionado sobre quanto em dinheiro a Prefeitura havia investido na reformulação da rotatória. “Vocês se apegam a esses detalhes”, disse à repórter que fez a pergunta.

Nada

Mas, por fim, perguntou o valor total do investimento a um de seus secretários e respondeu que o montante de R$ 1,6 milhão era do governo do Estado. A contrapartida da Prefeitura foi a execução da obra.

Carona

O prefeito, inclusive, aproveitou a presença do governador Reinaldo Azambuja (PSDB) para pedir auxílio em outras obras que pretende realizar em Campo Grande. Todas neste mesmo esquema: Estado entra com o dinheiro e a Prefeitura com a execução.

Pedido

Trad também revelou que recebeu do presidente municipal do PSDB um pedido para reformar outras rotatórias, e aproveitaria que a solicitação partiu de um tucano para recorrer ao governador Azambuja.

Troca

Com viagem a Ponta Porã cancelada, a CPI da Propina pretende usar o crédito para ir até Brasília (DF). Ideia é encontrar mecanismos no acordo de leniência, firmado com a PGR (Procuradoria-Geral da República), para ressarcir os cofres estaduais.

Suporte

Bancada federal deve ser convidada para o encontro. Sobre isso, Pedro Kemp (PT) brincou que não sabia se senadora iria conseguir participar. “Só se for a Gleisi Hoffman [PT-PR]”, rebateu Eduardo Rocha (PMDB), garantindo que sua esposa e senadora Simone Tebet estará presente.

Novo nome

O PEN (Partido Ecológico Nacional) pode virar Patriotas, com objetivo de lançar o deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) como presidenciável em 2018. O deputado e líder regional da legenda, Lídio Lopes, disse que a mudança “não é para conseguir mais votos, mas abrir o programa futuro de governo”.

Jornal Midiamax