Política / Bastidores

[ BASTIDORES ] Prefeitura não tem dinheiro nem para fazer licitação

Caixa da Cosip também foi zerado

Aliny Mary Dias Publicado em 26/06/2017, às 08h00

None

Caixa da Cosip também foi zerado

Zerada

Além de zerar o caixa destinado ao montante milionário arrecadado mensalmente com a Cosip (Contribuição para o Custeio da Iluminação Pública), a prefeitura não tem recurso nem para promover licitação para contratar novas empresas para manutenção da iluminação. 

Antigas

As três empresas que fazem troca de lâmpadas em Campo Grande são as mesmas que foram selecionadas em 2012 para executar o serviço por meio de licitação. Os contratos foram apenas renovados de lá para cá. 

Desinformação

Ainda sobre a Cosip, a aparente desinformação do próprio município sobre as alíquotas da taxa cobradas ao consumidor surpreende. Nem a equipe do município sabe dizer quanto é cobrando de cada faixa de consumidor. Para muitos, a responsabilidade é da concessionária de energia, que rebate dizendo que tudo depende de definições do município.

Mudanças

Reinaldo Azambuja (PSDB), que quando assumiu o governo de André Puccinelli (PMDB) não via com bons olhos a concessão de rodovias estaduais, já em 2014 afirmou que o Estado já tinha recursos do Fundersul para custeio de suas estradas, vai iniciar o processo de cessão à iniciativa privada da MS-306, entre Costa Rica e Cassilândia.

Dúvida

Um dos motivos que levou Puccinelli a não executar a proposta de concessão de oito rodovias foi a falta de interessados na privatização, devido ao número não muito expressivo de veículos que trafegam diariamente nas rodovias estaduais. A expectativa é que o número tenha aumentado de 2014 para cá.

Benefício

A decisão anunciada de Reinado de diminuir o ICMS do gado pode beneficiar justamente a empresa que o implicou no suposto esquema de pagamento de propina em troca de benefícios fiscais, a JBS.

Demais

Segundo a entidade que representa o setor frigorifico de MS, unidades paulistas, mato-grossenses e goianas da maior produtora de proteína animal do mundo podem adquirir gado sul-mato-grossense em detrimento de seus Estados de origem, o que prejudicaria demais empresas locais do setor.

Projeto

O vereador Vinicius Siqueira (DEM) quer diminuir o IPTU na Capital, e a protocolou na Câmara um projeto que prevê redução progressiva do tributo ao longo de 12 anos, perfazendo um total de 30%.

Queda

Segundo o democrata, a medida significará para a Prefeitura uma diminuição de apenas 3% de sua receita. Ainda não há data para análise da matéria em plenário.

Inovador?

Enquanto a cidade se vê em meio a caos de cobrança de taxa de iluminação e até governador sendo processado no STF, tem vereador que prefere se colocar em mundo paralelo e reunir empresários para discutir inovação. 

Jornal Midiamax