Política / Bastidores

[ BASTIDORES ] Parlamentar defende criação de curso para deputado

Siufi é constantemente criticado por colegas

Aliny Mary Dias Publicado em 28/06/2017, às 08h00

None

Siufi é constantemente criticado por colegas

Lição de casa

Paulo Siufi (PMDB) terá que refazer projetos, depois que a Comissão de Constituição e Justiça decidiu devolver propostas sobre entrega de medicamentos em unidades básicas de saúde e reserva de vagas em concursos para pessoas com Síndrome de Down.

Refletindo

O relator das matérias, Pedro Kemp (PT), decidiu dar uma semana para o peemedebista “refletir” ou adequar as propostas tidas como inconstitucionais por, respectivamente, serem de atribuição dos municípios e estarem previstas na reserva de vagas para deficientes.

Deu ruim

Siufi bateu o pé. Desafiou os cinco integrantes da CCJR a serem “machos” de votar os projetos no plenário e, na sequência, bradou que deveriam deixá-lo trabalhar. Crítica foi rebatida pelo presidente da comissão, Beto Pereira (PSDB): “tinha que ter curso para deputado”.

Brasília manda

Diante da expectativa de orçamento 3,4% menor no ano que vem em relação a 2017, o prefeito Marquinhos Trad (PSD) tentou afastar o pessimismo, mas não convenceu. “Tudo gira em torno de Brasília”, disse.

‘Como Ofélia’ 

Tem deputado defendendo, nos bastidores, que colegas sejam mais comedidos para não falar bobagens durante as sessões legislativas. Personagem do Zorra Total, Ofélia foi citada como referência com seu bordão: “só abro a boca quando tenho certeza”. 

Contra vazamentos

Deputados e equipe de apoio da CPI da Propina devem assinar termo de confidencialidade quanto aos documentos fiscais encaminhados a comissão. Há previsão, conforme o presidente Paulo Corrêa (PR), de sala separada dos gabinetes para evitar vazamentos.

Fiel

O deputado federal Carlos Marun (PMDB) mais uma vez cumpriu seu pape de fiel escudeiro do presidente Michel Temer (PMDB). Durante pronunciamento em rede nacional para se defender de denúncia de corrupção apresentada pelo procurador-geral da República, Temer permaneceu todo o tempo sendo apoiado por Marun e outros ministros.

De bem

Depois do pronunciamento do presidente, Marun disse que a postura do presidente durante sua fala em rede nacional foi “uma reação indignada de um homem de bem, injustamente ofendido”,

De graça

Durante votação de veto do prefeito Marquinhos Trad (PSD) a projeto do sobrinho Otávio, os vereadores tucanos André Salineiro e Delegado Wellington prontamente se colocaram à disposição dos colegas e do Executivo para darem palestras gratuitamente. Os dois delegados, um federal e outro civil, afirmaram que não cobram nada para compartilhar os aprendizados da vida policial. 

Papel

Ainda sobre a Câmara da Capital. Audiências públicas realizadas às quartas-feiras sempre discutiram assuntos que levantam debate entre os moradores, mas ultimamente, até limpeza de cemitério, que não deveria gerar dúvidas ou opiniões divergentes, têm se tornado assunto de audiência promovida pelos vereadores.

Jornal Midiamax