Política / Bastidores

[ BASTIDORES ] Marquinhos vira ‘rei’ dos selfies em escola

.

Aliny Mary Dias Publicado em 03/08/2017, às 08h00

None

.

Popular

O prefeito Marquinhos Trad (PSD) tem mostrado popularidade, pelo menos entre as crianças. Em visita a uma escola municipal, ele foi abordado por vários alunos para selfies, conversas e até jogou pingue-pongue e vôlei de areia.

Cantoria

​Um dos alunos, inclusive, o acompanhou na visita pela escola e cantou o jingle usado na campanha de Marquinhos para a Prefeitura em 2016. O evento faz parte do calendário de comemoração aos 118 anos de Campo Grande.

Desgostosa

Quem não gostou muito da imprensa acompanhando a agenda do prefeito foi a diretora da unidade escolar. Ela questionou várias vezes aos repórteres qual era a necessidade de seguir Marquinhos, dizendo que as equipes estavam atrapalhando a visita.

Fome

O prefeito aproveitou a oportunidade para provar a merenda servida aos alunos. A merendeira aproveitou para conversar com o chefe do Executivo que ‘rapou’ o prato.

Poucas palavras

Um dos oito deputados do Estado a votar na sessão que rejeitou denúncia contra o presidente Michel Temer, Elizeu Dionízio (PSDB) foi o único dos parlamentares daqui a dizer apenas duas palavras durante o voto: “voto sim”. Ele foi um dos quatro que apoiou Temer com seu voto.

Timaço

Time de peso foi levado com dinheiro público para Brasília a fim de fazer pressão sobre mordomias que estão na mira de órgão fiscalizador. Entre a certeza e a dúvida, ao menos estão garantidos os dias de folga em um dos melhores hotéis da cidade. 

Jeitinho

O jeitinho brasileiro, propagado como areia ao vento, infiltrou até mesmo órgão que deveria se atentar ao que é justo, reformulando decisão de doação de drone porque entidade não segue requisito para recebê-lo.

Velhos tempos

Durante assinatura de termo de cooperação técnica com o Sindifisco, o auditor fiscal Carlos Eduardo Martins relembrou ter iniciado na carreira junto com o deputado Amarildo Cruz (PT). “Viemos de Presidente Epitácio em ônibus da Motta e nos hospedamos em hotel na 15 de novembro. Havíamos sido aprovados no primeiro concurso de auditor do Estado”, relembrou.

Crise dos vetos

Os cinco integrantes da Comissão de Constituição e Justiça tem sido alvo de duras críticas pelos deputados. Isso porque tem mantido apoio a vetos do governador Reinaldo Azambuja (PSDB), ainda que parecer anterior deles mesmos tenha sido favorável aos projetos.

Vamos estudar?

Junior Mochi (PMDB), presidente da Casa de Leis, sugeriu que todos os assessores jurídicos dos parlamentares participem de curso intermediado pela Escola do Legislativo a fim de se debater “os limites das competências legislativas”. Medida quer evitar embates por conta dos vetos.

Jornal Midiamax