Política / Bastidores

[ BASTIDORES ] Marquinhos tem sobrenome trocado e vira Trad Filho

.

Aliny Mary Dias Publicado em 04/08/2017, às 08h00

None

.

Confusão

Nas agendas públicas é comum que algumas pessoas se confundam e troquem Marquinhos por Nelsinho Trad. Mas, nessa quinta-feira (3), a confusão foi com outra parte do nome. Em discurso, um diretor anunciou o prefeito Marquinhos Trad Filho.

Acelerado

A sessão ordinária da Câmara Municipal de Campo Grande dessa quinta-feira (3) foi bastante rápida. Como de costume teve início às 9h30 e acabou por volta das 10h40. Ninguém ocupou a tribuna.

Nada

Além de não ter nenhum inscrito na chamada ‘palavra livre’, quando os vereadores vão à tribuna debater temas de interesse da população, também não houve apresentação de requerimentos por escrito.

Caiu

Entraram em votação somente vetos do prefeito Marquinhos Trad (PSD) a projetos aprovados pela Câmara Municipal. Os quais foram mantidos. Na pauta estava texto de autoria do vereador Lívio Leite (PSDB) que não foi votado porque o próprio legislador não estava no parlamento, com ausência justificada.

Homônimo

Homônimo trapalhão deu até arrepios em ser confundido com ‘o original’, precisando ser registrado que não se tratava da mesma pessoa, arrancando risadas.

Jeitinho

Crente no desandar do cumprimento da lei teve a audácia de alegar que sofreu psicologicamente com perda de cargo em comissão, querendo alegar assédio moral no ato. Piada pronta.

Encontro

Uma audiência privada com o Chefe e representante máximo da legenda foi determinante para voto de parlamentar em votação que parou o país essa semana.

Inverdades

Os deputados Paulo Siufi (PMDB) e Grazielle Machado (PR) reclamam do que chamaram de ‘mentiras’ proferidas por integrantes do governo estadual, o que os afastam ainda mais da base governista na Assembleia.

Encontro

Uma audiência privada com o Chefe e representante máximo da legenda foi determinante para voto de parlamentar em votação que parou o país essa semana.

Inverdades

Os deputados Paulo Siufi (PMDB) e Grazielle Machado (PR) reclamam do que chamaram de ‘mentiras’ proferidas por integrantes do governo estadual, o que os afastam ainda mais da base governista na Assembleia.

Jornal Midiamax