Política / Bastidores

[ BASTIDORES ] Espera e insatisfação dominarão semana dos servidores estaduais

Governo diz que não haverá reajuste

Aliny Mary Dias Publicado em 02/06/2017, às 08h00

None

Governo diz que não haverá reajuste

Zero

Anúncio catastrófico sobre reajuste zero parece não ter abalado muito as categorias dos servidores. Com conversas até sobre marcar um dia de manifestação, servidores recuaram apenas com uma nota ao governo do Estado, aguardando uma nova sinalização de proposta, que não seja ‘vergonhoso’ reajuste zero para todos. 

Dialoga?

Abalados com diversas reuniões desde fevereiro, onde nenhum servidor tinha direito de propor nada e, por fim, com resposta negativa sobre reajuste, categorias classificam a atual gestão como a que menos dialoga. Uma ironia em relação ao Fórum Dialoga, porposto pelo governo para manter conversas com os servidores mas que serviram, na prática, apenas para ‘repassar informes’.

Coletividade

​ Durante agenda pública na manhã dessa quinta-feira (1º), o prefeito de Campo Grande Marquinhos Trad (PSD) disse que é muito fácil associar os problemas da cidade somente ao gestor, contudo ressaltou que deve haver coletividade. O exemplo foi usado para agradecer a parceria oferecida pela Acrissul no Arraial de Santo Antônio de Campo Grande.

Mais

Ainda no assunto ‘caridade’, o prefeito pontuou que muita gente vê pessoas necessitadas e dizem que podem apenas desejar que Deus os abençoe. Que pensam em ajudar, mas só ficam na teoria. Já as entidades da Capital fazem o papel de auxiliar de fato quem precisa e por isso merecem ser honradas.

Pavimentação

O governo vai licitar, no dia 3 de julho, a contratação de uma empreiteira para pavimentação asfáltica e drenagem de cerca de 48 mil m2 do Núcleo Industrial ‘Indubrasil’. O orçamento inicial é de R$ 8,1 milhões.

Estudando 

Herculano Borges (SD) justificou pedido de vista em projeto que proíbe pesca e comercialização do Dourado: “Precisava de mais informações.Não estamos puxando sardinha, quer dizer, Dourado para nenhum dos lados”. Projeto já está apto para votação. 

Mensagens

Pescadores amadores do Estado não gostaram da ação do deputado que pediu vistas ao projeto que prevê proibição de pesca do Dourado, e prometeram encher o Whatsapp do parlamentar de mensagens pedindo aprovação do projeto.

Com desconto

​ Deputados que faltaram sessão, sem justificar, poderão ter salário descontado. Isso porque Paulo Siufi (PMDB) deixou o plenário para outro compromisso e reduziu número mínimo de 13 legisladores para votar projetos. Coube Antonieta Amorim (PMDB) dar o recado: “ele tinha agenda política externa”.

Agora vai

Depois de pelo menos duas tentativas frustradas do prefeito Marquinhos Trad (PSD)  e do governador Reinaldo Azambuja (PSDB) se encontrarem com o ministro das Cidades, Bruno Araújo, enfim houve conversa com político do Estado. Senador Pedro Chaves (PSC) se reuniu com o chefe do ministério que prometeu liberar recursos para o Estado em breve. É esperar para ver. 

De novo

A ida às urnas para escolha de novo prefeito será realidade para alguns sul-mato-grosses neste domingo (3). Moradores de Tacuru, cidade no sul do Estado, participarão das eleições suplementares convocadas pelo TRE (Tribunal Regional Eleitoral) depois de cassação da chapa vencedora das últimas eleições. Na cidade, o clima é desânimo sobre o assunto principalmente por conta da crise política instalada no Brasil.

Jornal Midiamax