Atual secretário de Governo de Campo Grande, João Rocha deve retornar à Municipal perto de vencer o prazo de desincompatibilização, período fixado para que candidatos às eleições de 2024 se desvinculem de eventuais cargos que ocupam. 

“Hoje a prefeita vai conversar com ele e ele deve voltar. O prazo é até o de fevereiro, então, acho que ele só volta nos últimos dias do prazo mesmo”, comentou o presidente da Câmara, vereador (PSB). 

Segundo ele, João Rocha ainda está envolvido com assuntos que precisam ser finalizados na Prefeitura antes de sua saída. “Ele está segurando uma bomba lá (na Prefeitura) e ele dá conta muito bem disso. Agora eles vão ter que colocar um outro para segurar, mas alguém que não tenha mandato porque quem tem mandato não vai”, finalizou Carlão.