Servidores aposentados do Governo do Estado de foram à (Assembleia Legislativa) nesta terça-feira (28) para protestar contra o desconto de 14% nos vencimentos após a reforma da previdência. O deputado estadual (PT) propôs uma Comissão para intermediar uma proposta para os manifestantes.

“Estamos recebendo com muita frequência grupos de servidores aposentados do estado reclamando do desconto de 14% nos vencimentos depois da reforma da previdência. Consideramos uma reivindicação justa que o Governo possa rever esse desconto e apresentar uma proposta para a Alems analisar”, disse o deputado.

Kemp também não descarta a isenção até um limite, a ser estabelecido e, a partir daí, escalonamento com desconto menores para quem ganha os menores salários. “Temos que discutir isso com prioridade. O Governo já sinalizou que vai fazer um estudo e pretende atender essa categoria dos aposentados”, informou o deputado.

Reforma

Com a vigência da norma, a partir de 01/01/2021 todos os servidores públicos aposentados e pensionistas que recebiam proventos superiores a um salário-mínimo passaram a ter uma cobrança de 14% nos seus recebimentos, podendo chegar até a R$ 708,00 em alguns casos.

Por exemplo, para alguém que recebe uma aposentadoria de R$ 3 mil, passou a sofrer uma cobrança extra de R$ 274,00, ou seja, quase 10% da sua renda mensal, informaram os manifestantes.

Saiba Mais