Projeto de lei prevê isenção de pagamento da passagem no transporte coletivo para pacientes com câncer em Campo Grande. A medida começou a tramitar na Câmara Municipal na quarta-feira (8).

Propositura foi apresentada pelo vereador Professor André Luis (Rede) e estipula prazo de um ano a contar da publicação da lei, se for aprovada e sancionada, por parte do município.

Nesse sentido, a gratuidade prevista abrangeria também pessoas que acompanham os pacientes. O parlamentar explica que procedimentos como radioterapia e quimioterapia, visando à cura, são ‘em geral, agressivos e, por este motivo, também demandam que o paciente seja acompanhado em seus deslocamentos’.

Projeto de lei

Completa, em sua justificativa, dizendo que ampliar o benefício de transporte público é uma ‘ação mínima do município em favor de cidadãos que sofrem os efeitos nefastos reflexos de uma doença que o afeta socialmente e economicamente’.