Política

Veto à distribuição gratuita de absorventes incomoda Simone Tebet

Parlamentar usou uma rede social para questionar a decisão do presidente Jair Bolsonaro (sem partido)

Marcelo Nantes Publicado em 07/10/2021, às 14h10

Simone Tebet (MDB-MS) discursa na tribuna do Senado
Simone Tebet (MDB-MS) discursa na tribuna do Senado - Divulgação Senado

A decisão do presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), de vetar a distribuição gratuita de absorventes a estudantes de baixa renda, a mulheres em situação de rua e a presidiárias estimulou a indignação da senadora sul-mato-grossense Simone Tebet (MDB).

Em uma rede social, a senadora classificou a decisão como “falta de empatia, desconhecimento da realidade e descaso”. “Chega a ser cruel, em pleno Outubro Rosa, quando voltam-se os olhos para a saúde da mulher”, protestou Tebet.

A proposta foi aprovada pelo Congresso em setembro. O veto foi publicado no Diário Oficial da União, desta quinta-feira (7), com a justificativa de que o projeto não estabeleceu fonte de recursos para custear a distribuição dos absorventes.

Jornal Midiamax