Política

Pai de vereador de Campo Grande morre e Câmara decreta luto oficial

Câmara decretou luto oficial de três dias

Marcelo Nantes e Dândara Genelhú Publicado em 09/09/2021, às 12h53

Pai do vereador Ronilço Guerreiro faleceu nesta quinta
Pai do vereador Ronilço Guerreiro faleceu nesta quinta - Arquivo pessoal

Durante a sessão desta quinta-feira (9), há pouco, o presidente da Câmara Municipal, vereador Carlão (PSB), comunicou a notícia de que o pai do vereador Ronilço Guerreiro (Podemos) morreu. José Roberto de Oliveira faleceu na manhã desta quinta-feira, aos 81 anos.

Pouco antes, o presidente disse que o parlamentar havia pedido licença, pois recebeu a informação de que o pai havia sofrido três paradas cardíacas.

O presidente Carlão cogitou cancelar a sessão, mas pediu que os vereadores decidissem em conjunto. O vereador Professor Juari (PSDB) foi um dos que se manifestaram contra o cancelamento, pois um decreto legislativo de autoria dele ficaria prejudicado. 

O decreto em questão concede título de visitante ilustre ao governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), que visita Campo Grande amanhã (10).

O plenário, em vez de cancelar os trabalhos, resolveu fazer um minuto de silêncio. A Câmara decretou três dias de luto oficial. Ainda não há informações sobre velório e sepultamento do pai do vereador. 

Mais conhecido com o Seo Zé Roberto, o senhor de 81 anos nasceu na cidade de Jaraguari em 27 de março de 1940. Foi na década de 60 que veio para Campo Grande, onde se casou com Eva Cruz de Oliveira.

Juntos há mais de 55 anos, o casal teve cinco filhos: Roberto, Ronildo, Ronilço, Regina e Regilene. Roberto foi líder comunitário e é lembrado como dedicado à igreja.

*Matéria atualizada às 15h16 de 9/09/2021 para acréscimo de informações.

Jornal Midiamax