Política

Substituído, Geraldo Resende diz que Riedel assumiu lives da pandemia após 'comum acordo'

Titular da Seinfra está à frente do Comitê Gestor do Prosseguir

Renan Nucci e Ranziel Oliveira Publicado em 03/08/2021, às 09h28

Secretário de Saúde, Geraldo Resende, durante chegada para reunião na governadoria
Secretário de Saúde, Geraldo Resende, durante chegada para reunião na governadoria - Henrique Arakaki

Durante reunião a portas fechadas convocada pelo governador Reinaldo Azambuja (PSBD), na manhã desta terça-feira (3), na sede da governadoria, em Campo Grande, o secretário Geraldo Resende, da SES (Secretaria de Estado de Saúde), informou que Eduardo Riedel assumiu após “comum acordo” o Comitê Gestor do Prosseguir (Programa de Saúde e Segurança da Economia).

Riedel é secretário da Seinfra (Secretaria de Estado de Infraestrutura) e principal nome do PSDB para a disputa do Governo do Estado em 2022. Por este motivo, corre nos bastidores que a decisão de colocá-lo à frente do Prosseguir é mais uma medida adotada por Reinaldo para dar mais visibilidade ao apadrinhado, uma vez que a nova função colocará o mesmo em evidência nas “lives da pandemia”, em substituição ao titular da SES.

Resende, apesar da troca, explica que a mudança foi apropriada, considerando os novos direcionamentos do Prosseguir. “Entendemos que é um programa que tem a Saúde ao lado da Economia. Nosso secretário veio de comum acordo para assumir essa coordenação porque nós precisamos agora, diante do aspecto geral e do processo de feitura das nossas ações, ter um olhar mais voltado para os setores econômicos, que foram tão combalidos durante a pandemia. Ele [Riedel] vai continuar a dar o recado para a população em nome de todos os secretários”, pontuou Resende ao Midiamax durante sua chegada à governadoria.

Questionado sobre como avalia o nome de Riedel para o Governo do Estado em 2022, o titular da SES preferiu não se manifestar diretamente. “Ele é que tem que responder”, limitou-se a dizer. No entanto, outros secretários apontaram Riedel como uma boa opção. “Com toda certeza [é um bom nome]. Estamos trabalhando para isso. Não houve acordo, é apenas a indicação de um bom nome”, disse João César Mattogrosso, secretário da Secc (Secretaria de Estado de Cidadania e Cultura).

Antônio Carlos Videira, da Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública), também se mostrou favorável à escolha de Riedel. “Se você perguntar ao eleitor Antônio Carlos Videira, digo que é [um bom nome]”. Felipe Mattos de Lima Ribeiro, da Sefaz (Secretaria de Estado de Fazenda), disse que não interfere em questões políticas da gestão, mas que para ele, Riedel é o nome. “Na minha opinião, sim”.

Jornal Midiamax