Política

Soraya quer que estados e municípios sejam investigados em CPI sobre pandemia

Senadora de MS está na lista de 33 parlamentares que querem apuração ampla da comissão

Adriel Mattos Publicado em 12/04/2021, às 14h35

None
Foto: Leopoldo Silva/Agência Senado

A senadora Soraya Thronicke (PSL-MS) assinou lista pedindo que prefeitos e governadores sejam incluídos na investigação da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) que deve apurar a responsabilidade de gestores públicos federais no combate à pandemia de Covid-19. A pesselista é a única do Estado que quer que a apuração não se fixe apenas no governo de Jair Bolsonaro.

O pedido tem apoio do Palácio do Planalto. 33 senadores assinaram o pedido, entre eles Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), filho do presidente. O pedido de abertura foi feito em março.

“Desde o início defendi que, se for para iniciar uma CPI neste momento tão delicado da pandemia, em que o foco deveria estar voltado aos cuidados com a saúde da população e o combate ao coronavírus, a apuração deve abranger também estados e municípios. São os prefeitos e governadores os ordenadores de despesa na ponta. Acredito que a pandemia já foi muito usada para politicagem e não devemos deixar que a CPI siga por este caminho. Então havendo fato determinado para apuração, que seja instalada a CPI e investigada a atuação de todos em nível federal, estadual e municipal. Se é para investigar, por que poupar quem é o responsável direto pela aplicação dos recursos enviados?”, declarou Soraya.

Na última quinta-feira (8), o ministro Luís Roberto Barroso, do STF (Supremo Tribunal Federal), determinou que o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), instale a CPI da Covid-19, uma vez que o requerimento do senador Randolfe Rodrigues já havia alcançado o mínimo de 27 assinaturas.

*(Texto alterado às 16h19 para acréscimo de informações)

Jornal Midiamax