Política

Senadores entregam relatório da CPI da Covid para procurador-geral da República

Relatório foi aprovado por 7 votos a 4 na última terça-feira (26)

Dândara Genelhú Publicado em 27/10/2021, às 12h10

Senadora de MS participou da entrega do relatório final da CPI.
Senadora de MS participou da entrega do relatório final da CPI. - Foto: Antônio Augusto | MPF.

Nesta quarta-feira (27), senadores entregaram o relatório final da CPI da Covid-19 para o procurador-geral da República, Augusto Aras. O relatório foi aprovado por 7 votos a 4 na última terça-feira (26).

O documento também deve ser entregue também ao STF (Supremo Tribunal Federal) e ao presidente do Senado. Ao receber o documento, Aras afirmou que a CPI já produziu resultados.

“Temos denúncias, ações penais, autoridades afastadas e muitas investigações em andamento e agora, com essas novas informações poderemos avançar na apuração em relação a autoridades com prerrogativa do foro nos tribunais superiores”, disse o procurador-geral.

O documento final solicita 80 processos de indiciamento, que atingem 78 pessoas. Entre elas estão o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e seus filhos.

Presente na entrega do relatório final, a senadora sul-mato-grossense Simone Tebet (MDB) lembrou que a pandemia afetou o mundo inteiro, mas destacou que “nenhum país do mundo administrou tão mal a crise sanitária quanto o Brasil”.

Para ela, o governo não trabalhou pelo país. “O presidente da República trabalhou pela pandemia. Foi um culto quase que à morte e não à vida. Ou seja, há muito o que responder o governo federal e todas as autoridades envolvidas”, apontou. A senadora pediu justiça para as mais de 605 mil vítimas perdidas durante a pandemia no Brasil.

Jornal Midiamax