Política

Senadores de MS votam favoráveis e PEC dos Precatórios é aprovada no Senado

Com alterações, o texto deve voltar para a Câmara Federal

Dândara Genelhú Publicado em 02/12/2021, às 18h57

None
Foto: Reprodução.

Nesta quinta-feira (2), os três senadores de Mato Grosso do Sul foram favoráveis à PEC (Projeto de Emenda à Constituição) nº 23/2021. Assim, a PEC dos Precatórios foi aprovada pelo Senado.

As senadores Simone Tebet (MDB), Soraya Thronicke (PSL — que se fundiu com o DEM para criação do União Brasil) e o senador Nelsinho Trad (PSD) votaram a favor da proposta do Governo Federal.

A aprovação da PEC dos Precatórios viabiliza o pagamento do projeto social Auxílio Brasil. Após divergências entre os senadores, o texto foi alterado e por isso volta para votação na Câmara dos Deputados.

“Transformamos a PEC do Calote em PEC da Responsabilidade Social”, disse Simone nas redes sociais. Para o senador sul-mato-grossense, o texto aprovado “é resultado de amplo diálogo e permitirá o pagamento do Auxílio Brasil de R$ 400 de forma permanente”.

Nelsinho afirmou ainda que “as alterações propostas também vão assegurar, aos mais necessitados, pagamento de precatórios”. A senadora Soraya comparou a PEC com remédios amargos.

“Alguns remédios são amargos, mas necessários para se combater um mal. Neste momento, o que temos a combater é a fome da população brasileira e garantir o #AuxílioBrasil. Esse é o caso da #PEC23. Pode não ser o ideal, mas é o viável”, publicou nas redes sociais.

Jornal Midiamax