Política

Sancionado, projeto prevê pomares em parques e escolas públicas de Campo Grande

Lei também prevê parcerias com empresas para plantio de árvores frutíferas no município

Jones Mário Publicado em 25/06/2021, às 11h13

Trecho arborizado da Avenida Afonso Pena, no Centro de Campo Grande
Trecho arborizado da Avenida Afonso Pena, no Centro de Campo Grande - Assessoria/Diogo Gonçalves

O prefeito Marquinhos Trad (PSD) sancionou a Lei Municipal 6.589/2021, que cria o projeto “Pomar Urbano” em Campo Grande. A iniciativa prevê o plantio ou reposição de árvores frutíferas em parques e áreas livres de escolas municipais.

De acordo com o texto da lei, publicado na edição de hoje (25) do Diogrande (Diário Oficial do Município), as espécies serão plantadas conforme o solo e as dimensões da área escolhida.

Além da implementação preferencial em parques urbanos e nas áreas livres e ociosas das escolas da Reme (Rede Municipal de Ensino), a norma estipula incentivar o plantio de árvores frutíferas em propriedades particulares.

A prefeitura poderá firmar os convênios com instituições e órgãos públicos para fazer cumprir a lei. O texto também permite parcerias para plantio das árvores por empresas que, em contrapartida, poderão fazer publicidade no local.

O projeto que deu origem à lei foi apresentado na Câmara Municipal de Campo Grande pelo vereador Papy (Solidariedade).

Jornal Midiamax