Política

Reajuste salarial de servidores administrativos da SED ficará entre 14% e 23%

Abono salarial e vale-alimentação vão ser incorporados ao salário

Marcelo Nantes Publicado em 21/10/2021, às 13h57

Governo e Fetems chegam a acordo sobre reajuste dos servidores administrativos da SED
Governo e Fetems chegam a acordo sobre reajuste dos servidores administrativos da SED - Arquivo

O reajuste salarial dos servidores administrativos da SED (Secretaria de Estado de Educação) vai ser fixado entre 14% e 23%. A informação foi confirmada pela vice-presidente da Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul), Deumeires Morais.

As negociações foram conduzidas pelos secretários de Infraestrutura, Eduardo Riedel, e de Administração e Desburocratização, Ana Carolina Araujo Nardes. De acordo com a Fetems, o projeto de lei com os números negociados será enviado para a Alems (Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso do Sul) ainda neste mês de outubro, com os repasses para os contracheques a partir de janeiro de 2022.

"Ficou confirmado, também, a incorporação no salário das carreiras do abono salarial de R$ 200 e do vale-alimentação de R$ 100. Esta era uma reivindicação antiga, de mais de cinco anos, que vai beneficiar os servidores aposentados. Considerando o quadro econômico recessivo, avaliamos a negociação como satisfatória", afirmou Deumeires.

Jornal Midiamax