Política

Projeto quer proibir clubes de tiro em áreas ambientais protegidas de Campo Grande

Proibição seria caracterizada num raio de 3 quilômetros das áreas

Dândara Genelhú Publicado em 22/09/2021, às 18h55

None
Foto: Arquivo Midiamax.

Clubes de tiro ficarão proibidos em áreas ambientais protegidas em Campo Grande, se o projeto de lei nº 10.302/2021 for aprovado pela Câmara. A proposta foi protocolada nesta quarta-feira (22).

A proibição da instalação será válida por um raio de 3 km de APAs (Áreas de Proteção Ambiental) e APPs (Áreas de Proteção Permanente). Conforme o texto proposto, serão recusadas as solicitações de alvarás de licença e funcionamento para estes estabelecimentos nestas áreas.

Caso algum clube de tiro esteja no perímetro proibido, estes deverão se realocar em no máximo dois anos, a partir da publicação da lei. Na justificativa do projeto, a autora vereadora Camila Jara (PT) afirma que a medida deve garantir que não haja impactos ambientais nestas áreas por conta desse tipo de atividade.

Além disso, ela destaca que existe vasta fauna e flora, que podem ser atingidos por projéteis de chumbo. Por fim, foi apontado que os barulhos dos tiros podem poluir sonoramente o habitat natural.

Jornal Midiamax