Política

Pressionado por partido, Sérgio Murilo avalia deixar Secretaria de Governo de MS

Secretário deve anunciar decisão nos próximos dias

Adriel Mattos Publicado em 28/06/2021, às 14h27

None
Foto: Marcos Ermínio/Arquivo/Jornal Midiamax

O secretário de estado de Governo e Gestão Estratégica, Sérgio Murilo Mota, avalia pedir demissão do cargo nos próximos dias. O chefe da Segov assumiu o cargo em fevereiro e vem sendo pressionado pela cúpula nacional do Podemos.

“Estou conversando com o governador, mas ainda não tem nada decidido. O partido tem me pressionado para estruturar a candidatura própria”, disse ao Jornal Midiamax. Sérgio é presidente estadual do Podemos, que deve ter candidato próprio ao governo em 2022.

Empossado em fevereiro, o secretário afirmou ainda que a decisão pode ser anunciada entre esta segunda (28) e terça-feira (29). Ele assumiu o cargo no lugar de Eduardo Riedel, que passou a comandar a Seinfra (Secretaria de Estado de Infraestrutura).

Jornal Midiamax