Política

Prefeitos de Batayporã e Nova Andradina vão se reunir para determinar restrições no combate à pandemia

Com poucos quilômetros de distância entre os municípios, os prefeitos de Batayporã e Nova Andradina vão se reunir na tarde desta quinta-feira (25), para determinar se seguirão à risca o decreto do governo estadual com restrições, na tentativa de combater o avanço da pandemia da Covid-19 no Estado. Segundo o prefeito de Batayporã, Germino Roz […]

Renata Volpe Publicado em 25/03/2021, às 11h08 - Atualizado às 11h11

Município de Batayporã. (Divulgação)
Município de Batayporã. (Divulgação) - Município de Batayporã. (Divulgação)

Com poucos quilômetros de distância entre os municípios, os prefeitos de Batayporã e Nova Andradina vão se reunir na tarde desta quinta-feira (25), para determinar se seguirão à risca o decreto do governo estadual com restrições, na tentativa de combater o avanço da pandemia da Covid-19 no Estado.

Segundo o prefeito de Batayporã, Germino Roz (PSDB), a distância de um município para o outro é de 8 quilômetros. “Durante a semana, seguimos o decreto rigorosamente, mas no fim de semana, Nova Andradina estendeu o atendimento e as pessoas daqui, foram para o comércio de lá, aglomeravam lá”, explicou.

Com isso, Roz deve se reunir com o prefeito de Nova Andradina e com o comitê de crise. “Aparentemente, seguiremos o decreto estadual, porque é o que os outros municípios estão fazendo, mas precisamos nos reunir para ter uma definição”.

Restrições

Após novas regras de restrição e circulação de pessoas, estipuladas no novo decreto publicado da última quarta-feira (24) pelo governo do Estado, o toque de recolher começa a valer a partir das 16h nos finais de semana. Ao sábados e domingos, somente atividades essenciais podem funcionar das 16h às 5h. No decreto antigo, o funcionamento nesse período era de até 20h para circulação e 16h para comércios.

Jornal Midiamax