Política

No 8 de março, Câmara dá posse a procuradoria que vai analisar projetos sobre mulheres

Neste 8 de março, a Câmara Municipal de Campo Grande fez solenidade para dar posse à nova composição da Procuradoria Especial da Mulher. A formação irá atuar na análise de todo projeto de lei que possa impactar, direta ou indiretamente, questões relacionadas às mulheres. Com orçamento anual, o grupo empossado vai participar de debates sobre políticas […]

Danúbia Burema Publicado em 08/03/2021, às 12h20

Senadora Simone Tebet participou do ato. (Divulgação)
Senadora Simone Tebet participou do ato. (Divulgação) - Senadora Simone Tebet participou do ato. (Divulgação)

Neste 8 de março, a Câmara Municipal de Campo Grande fez solenidade para dar posse à nova composição da Procuradoria Especial da Mulher. A formação irá atuar na análise de todo projeto de lei que possa impactar, direta ou indiretamente, questões relacionadas às mulheres.

Com orçamento anual, o grupo empossado vai participar de debates sobre políticas públicas e receber denúncias de violência. Também promete cobrar soluções inclusive na esfera criminal, em busca de mais segurança às mulheres.

Terá, ainda, como bandeira a criação de um Fundo Municipal dos Direitos da Mulher.

Tomaram posse  os vereadores: Camila Jara (PT), como procuradora; João César Mattogrosso (PSDB), 1º adjunto; Betinho (Republicanos), 2º adjunto; Papy (Solidariedade), 3º adjunto e William Maksoud (PTB) 4º adjunto.

“A Câmara vai fazer existir a Procuradoria de verdade, com recursos para discutir políticas públicas para as mulheres”, garantiu o presidente da Câmara, vereador Carlão (PSB).

“É importante essa estrutura para que não seja apenas o meu mandato. Eu tenho direito a fala a todo momento e estou aqui para escutar a cada uma de vocês, que têm muito a contribuir nessa luta”, afirmou a vereadora Camila Jara.

“Levem nossos agradecimentos aos outros 27 vereadores que aqui estão. Deixo essa mensagem de otimismo, pois nossa luta é árdua, mas é justa, pelo fim da discriminação, da violência contra a mulher, pela igualdade de gênero e pelo empoderamento da mulher. Somos iguais aos homens e juntos poderemos construir uma cidade mais justa, mais humana e mais fraterna”, afirmou a senadora Simone Tebet (MDB), que participou do evento.

Mais atribuições

Na sessão da última quinta-feira (04), os vereadores aprovaram mudanças na composição da Procuradoria. Dentre elas, que na ausência de vereadoras, sejam empossados como procuradores vereadores homens e mulheres funcionárias da Casa.

O estabelecimento de orçamento e análise de projetos envolvendo mulheres também foi incluído como nova atribuição.

Jornal Midiamax