Política

Murilo se afasta por Covid-19 e Paulo Corrêa assume o Governo de MS

O presidente da Alems (Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso do Sul), Paulo Corrêa (PSDB), vai assumir o Governo do Estado nas próximas horas desta terça-feira (26). O chefe do Executivo, Reinaldo Azambuja (PSDB), está de férias desde segunda-feira (25).  O Jornal Midiamax apurou que Corrêa entrega a presidência da Assembleia às 9h para […]

Adriel Mattos Publicado em 26/01/2021, às 08h23 - Atualizado às 14h40

Presidente da Assembleia Legislativa de MS, deputado Paulo Corrêa. (Marcos Ermínio, Jornal Midiamax).
Presidente da Assembleia Legislativa de MS, deputado Paulo Corrêa. (Marcos Ermínio, Jornal Midiamax). - Presidente da Assembleia Legislativa de MS, deputado Paulo Corrêa. (Marcos Ermínio, Jornal Midiamax).

O presidente da Alems (Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso do Sul), Paulo Corrêa (PSDB), vai assumir o Governo do Estado nas próximas horas desta terça-feira (26). O chefe do Executivo, Reinaldo Azambuja (PSDB), está de férias desde segunda-feira (25). 

O Jornal Midiamax apurou que Corrêa entrega a presidência da Assembleia às 9h para tomar posse como governador em exercício às 11h. O 1º vice-presidente Eduardo Rocha (MDB) presidirá a Casa.

Em comunicação encaminhada à Alems, o vice-governador Murilo informou que não está em condições de conduzir o Governo pelo menos até o próximo dia 30 de janeiro. Ele está despachando de casa por estar cumprindo quarentena em razão do diagnóstico de Covid-19. Se estiver recuperado até esta data, Murilo pode voltar a assumir o Governo do Estado até o dia 3 de fevereiro, último dia das férias de Reinaldo.

Férias

Reinaldo comunicou a Alems (Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso do Sul) que iria se ausentar, por 15 dias, em dezembro de 2020. O ofício foi publicado na edição de 17 de dezembro do Diário Oficial da Alems. Dessa forma, ele poderá inclusive viajar para fora do País.

Jornal Midiamax