Política

Mudanças no primeiro escalão de MS não interferem em planos do União Brasil, diz Soraya Thronicke

Secretário-geral do DEM deve assumir cargo no Governo do Estado

Dândara Genelhú Publicado em 26/11/2021, às 14h07

None
Foto: Reprodução | União Brasil.

Os planos do União Brasil continuam iguais para Mato Grosso do Sul, mesmo após reorganização do primeiro escalão do Governo de MS. Quem afirma é a senadora Soraya Thronicke (PSL, que se fundiu com o DEM para criação do União Brasil).

“As articulações do Governo do Estado não interferem no projeto do União Brasil para o MS”, disse ao Jornal Midiamax. A reorganização prevê Marco Santullo como secretário especial de Articulação Política.

Marco é secretário-geral dos Democratas, legenda que participa da criação do União Brasil. A posse, marcada na Governadoria no próximo dia 3, acontece às 10h, com a presença da ministra da Agricultura, Tereza Cristina (DEM).

Vale lembrar que Marco é braço direito de Tereza e afirmou que iria “conversar com a ministra e o governador” quando questionado sobre o cargo. Outra mudança no alto escalão é a posse do deputado Eduardo Rocha como secretário da Segov (Secretaria de Governo de Mato Grosso do Sul).

Atualmente, a Segov é comandada pelo secretário interino, Flávio César. Rocha anunciou que vai deixar o mandato de deputado, não deve disputar as eleições de 2022 e se licenciou do MDB para isso.

A cadeira de Rocha vai ser ocupada pelo ex-prefeito de Corumbá, Paulo Duarte (MDB). O deputado estadual deixa a Casa de Leis também no dia 3, mesmo dia em que será empossado secretário. Além de Tereza, a senadora Simone Tebet (MDB) deve comparecer ao evento, em Campo Grande.

Jornal Midiamax