Política

Marquinhos aguarda decisão na Câmara e quer consultar população sobre passaporte da vacina

Proposta tem gerado polêmica e discussão até terminou em tumulto no Plenário

Mylena Rocha e Gabriel Neves Publicado em 28/09/2021, às 10h12

Prefeito diz que fará consultas a técnicos e com a população sobre o assunto.
Prefeito diz que fará consultas a técnicos e com a população sobre o assunto. - Henrique Arakaki/Midiamax

Com a polêmica em torno da implantação do passaporte da vacinação, o prefeito Marquinhos Trad (PSD) diz que aguarda a decisão na Câmara dos Vereadores em Campo Grande. O chefe do executivo disse que ainda deve consultar a população para saber a opinião dos campo-grandenses a respeito da iniciativa. 

A ideia é que os consumidores apresentem o comprovante da vacinação para conseguir entrar nos estabelecimentos. A discussão sobre o assunto terminou em confusão no Plenário na tarde de segunda-feira (27), quando a sessão teve que ser encerrada. 

Com toda a polêmica em torno da iniciativa, Marquinhos não tomou partido e disse que aguarda para saber se o projeto será aprovado. “Estamos aguardando a decisão dos projetos de lei para analisar a implementação. Eu vou esperar a decisão da Câmara Municipal, consultar o grupo técnico e ouvir a população, para tomarmos a decisão”, comentou durante agenda no parque Ayrton Senna na manhã desta terça (28). 

Crise hídrica

O prefeito Marquinhos Trad também comentou sobre a crise hídrica, que deixou a conta de energia mais cara para os brasileiros. Ele cita que uma alternativa seria a volta do horário de verão, extinto em 2019 pelo presidente Jair Bolsonaro. 

“Apoio o horário de verão principalmente no momento de dificuldade hídrica que o país está passando. O retorno do horário de verão vai contribuir para diminuir a conta de energia, principalmente das pessoas de classes mais baixas”, defendeu.

Jornal Midiamax