Política

Única mulher na Câmara de Campo Grande, vereadora lidera apresentação de projetos em 2021

Camila Jara é a vereadora com menos idade entre os parlamentares de Campo Grande

Graziela Rezende Publicado em 08/12/2021, às 13h30

None
Vereadora Camila Jara, do PT de Campo Grande - Izaias Medeiros-CMCG

A mais nova e única mulher eleita entre os parlamentares municipais em 2020, a vereadora Camila Jara (PT) é também a mais atuante no que diz respeito à apresentação de projetos. No ranking de atividade legislativa deste ano, a parlamentar aparece com a apresentação de 94 projetos de lei, sendo 41 emendas. 

Entre os projetos com discussão polêmica em toda a cidade, ela se envolveu no projeto para apresentar o passaporte da vacina em eventos e estabelecimentos comerciais, além do projeto de conscientização e informação sobre a menstruação, com o fornecimento de absorventes higiênicos em escolas do município. 

Após ela, está o vereador Professor André Luis (Rede) com 67 projetos, sendo 33 emendas. Uma das propostas dele foi a criação de um programa de contribuição voluntária para o fundo municipal do bem-estar animal, além de exigir a instalação de câmeras nas dependências de petshops, por exemplo. 

Na sequência, está o vereador Papy (Solidariedade), com 64 projetos de lei apresentados, entre eles 8 emendas. No caso dele, as discussões envolveram a proteção e direitos das pessoas portadoras de transtornos mentais.

O vereador Carlos Augusto Borges, o Carlão (PSB), é o próximo da lista. Com 56 projetos de lei, 7 deles emendas, o mandato dele neste ano envolveu discussões sobre a proibição da recusa de atendimento aos pacientes acometidos pela Covid-19 nas instituições de saúde da capital sul-mato-grossense. 

Em seguida, o vereador Tiago Vargas (PSD) aparece com 52 projetos de lei cadastrados, sendo 5 emendas. Atrás dele está o vereador Ademir Santana (PSDB), com 51 projetos, entre eles 6 emendas. Já os vereadores Otávio Trad (PSD) e Ronilço Guerreiro (Podemos) aparecem com a apresentação de 50 projetos cada. 

O vereador Junior Coringa (PSD) conta com 49 projetos de lei, sendo 8 emendas. Depois está o Prof. João Rocha (PSDB), com 48 projetos e também 8 emendas. O Dr. Vitor Rocha (PP) vem com 45 projetos apresentados, 6 deles emendas. O próximo é o vereador Ayrton Araújo (PT), com 41 projetos, sendo 7 emendas. 

O vereador Coronel Alírio Vilassanti aparece no ranking com 38 projetos de lei, sendo 3 emendas. O vereador Betinho (Republicanos) está atrás dele, com 37 projetos de lei, sendo 5 emendas. O vereador Tabosa (PDT) tem 35 projetos, sendo 26 deles emendas.

Campo Grande tem 29 vereadores. (Arte: Marcos Ermínio, Jornal Midiamax).

William Maksoud PTB é o próximo parlamentar, com 33 projetos apresentados, sendo 5 deles emendas. O vereador Gilmar da Cruz (Republicanos) aparece depois, com 31 projetos, sendo 3 emendas. O vereador Valdir Gomes (PSD) possui 28 projetos apresentados, com 3 emendas. 

Os vereadores Delei Pinheiro (PSD) e Silvio Pitu (DEM) aparecem com 26 projetos cada. Beto Avelar (PSD) e o vereador Clodoilson Pires (Podemos) chegam logo depois, com 25 projetos. 

Por último ficam os vereadores Dr. Loester, com 23 projetos de lei apresentados, sendo 7 emendas, além do vereador Professor Riverton (DEM), com 21 projetos, sendo 5 emendas e os vereadores Edu Miranda (Patriota) e o Professor Juari (PSDB), com 17 projetos. 

Já o vereador Dr. Jamal (MDB) aparece com 13 projetos, tendo logo atrás o vereador Zé da Farmácia (Podemos), com 11 projetos, e o vereador Dr. Sandro Benites (Patriota), com 7 projetos de lei apresentados na casa legislativa.

Jornal Midiamax