Política

Líder do PSD no Senado, Nelsinho Trad é cotado para assumir ministério, diz jornal

Sul-mato-grossense Nelsinho Trad (PSD-MS) pode estar de malas prontas para comandar o Ministério do Desenvolvimento Regional.

Jones Mário Publicado em 02/02/2021, às 15h59 - Atualizado às 17h01

Davi Alcolumbre e Nelsinho Trad no plenário do Senado (Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado)
Davi Alcolumbre e Nelsinho Trad no plenário do Senado (Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado) - Davi Alcolumbre e Nelsinho Trad no plenário do Senado (Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado)

Recém-eleito líder do PSD no Senado Federal, Nelsinho Trad pode estar de malas prontas para assumir o Ministério do Desenvolvimento Regional. A informação é do jornal Folha de S. Paulo.

O sul-mato-grossense é o favorito do ex-presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), que saiu fortalecido da eleição de ontem (1º), quando fez seu sucessor, Rodrigo Pacheco (DEM-MG).

Alcolumbre se aproximou de Jair Bolsonaro (sem partido), por isso passou a ser cogitado para assumir uma pasta federal. Mas, caso o arranjo pela indicação de Nelsinho Trad ao ministério se confirme, o senador do Amapá permaneceria no parlamento. Assim, evitaria colar de vez sua imagem a do presidente da República.

Em contrapartida, Davi Alcolumbre ficaria com a comissão mais importante do Senado, a CCJ (Comissão de Constituição e Justiça), até então ocupada por Simone Tebet (MDB-MS) – derrotada por Pacheco na eleição para a presidência da Casa.

Ainda segundo noticiou a Folha, o atual ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, não sairia de mãos vazias. Ele tem o prestígio de Bolsonaro, que aproveitou a entrada do político potiguar no Nordeste para excursionar pela região no ano passado.

Nelsinho Trad é senador por Mato Grosso do Sul desde 2019. Seu primeiro suplente é José Chagas.

O Ministério do Desenvolvimento Regional é uma das pastas-chave do governo federal, uma vez que centraliza ações e investimentos em obras públicas de infraestrutura no País.

Jornal Midiamax