O deputado estadual Pedro Kemp (PT) protocolou indicação à SED-MS (Secretaria de Estado de Educação) com pedido para que a contratação de professores, nas entidades de educação especial de Mato Grosso do Sul, seja por análise curricular e não mais por processo seletivo.

Kemp leu a indicação durante a sessão desta quinta-feira (23). Ele solicitou mudanças no critério de contratação dos professores que atuam nas entidades de educação especial. O parlamentar pediu que a convocação seja mediante análise de currículo.

Segundo o deputado, os candidatos são submetidos a uma prova e são convocados a partir da classificação. “As instituições de educação especial recebem também esses professores. Acontece que existe um trabalho característico e requer uma formação específica. Muitos profissionais capacitados, que estão há mais de 20 anos em uma instituição, foram demitidos, porque não passaram no processo”, disse.

De acordo com o parlamentar, a instituição e os alunos acabam tendo grandes prejuízos quando perdem os professores capacitados. “São profissionais com especialização na área e afinidade com o trabalho e vocação. Faço esse pedido à Secretaria de Estado de Educação, pois já está se aproximando o processo seletivo dos professores convocados”, afirmou.