Política

Governador lamenta morte de desembargador e primo Nery Azambuja

Nery era desembargador do TRT-MS e morreu aos 62 anos, neste sábado

Aliny Mary Dias Publicado em 27/11/2021, às 11h53

Desembargador morreu neste sábado
Desembargador morreu neste sábado - Foto: Divulgação/TRT

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) usou as redes sociais, no fim da manhã deste sábado (27), para lamentar a morte do desembargador Nery Sá e Silva Azambuja, ocorrida neste sábado, aos 62 anos. O desembargador do TRT-MS (Tribunal Regional do Trabalho de Mato Grosso do Sul) era primo do governador do Estado.

Reinaldo afirmou que o desembargador deixa "lindo exemplo de resiliência, de paixão pelo Direito e de amor à família e à vida". Nery era renal crônico e estava afastado das funções desde agosto para tratamento de saúde, ele era submetido a sessões de hemodiálise.

"Era um grande amigo, pessoa atuante e que vai fazer falta na nossa sociedade. À família e aos seus muitos amigos nossos sentimentos de pesar e votos que Deus console os corações", disse o governador.

O corpo do desembargador será velado no saguão do TRT-MS a partir das 12h30 deste sábado, o sepultamento ocorre às 16 horas no cemitério Santo Antônio, em Campo Grande. 

Carreira

Nery era professor titular da UCDB (Universidade Católica Dom Bosco) desde 1984. Foi professor assistente da PUC/SP, ministrando a disciplina de Direito Processual Civil no bacharelado e na especialização. Igualmente, foi professor titular da Escola Superior da Magistratura e da Escola Superior do Ministério Público em Mato Grosso do Sul.

Foi eleito vice-presidente da OAB/MS, na gestão de 1995/1997, sendo fundador da Escola Superior da Advocacia de Mato Grosso do Sul. Foi membro integrante da banca examinadora do concurso público para ingresso na Magistratura Trabalhista do TRT da 24ª Região, desde a criação do Tribunal, em 1993, até o ano de 1998.

De dezembro de 2005 a fevereiro de 2012, integrou os quadros da Procuradoria Federal de Mato Grosso do Sul, atuando como Procurador Federal nas mais diversas áreas do direito, com grande destaque na área trabalhista. Em 13 de fevereiro de 2012, tomou posse como Desembargador do Tribunal Regional do Trabalho da 24ª Região, tendo assumido o cargo de Vice-Presidente no dia 4 de dezembro do mesmo ano. Em 5 de dezembro de 2014, tomou posse no cargo de Presidente do Egrégio TRT da 24ª Região, para o biênio 2015/2016, que findou no dia 31 de dezembro de 2016.

Jornal Midiamax