Política

Eleições em Paranhos: sobe para 4 o número de pessoas detidas por crimes eleitorais

Em um dos casos, duas pessoas tentavam persuadir eleitores indígenas, prática interpretada como boca de urna

Lucas Mamédio Publicado em 03/10/2021, às 11h56

None
(Foto: Divulgação)

Pelo menos mais três pessoas foram presas em Paranhos, a 469 km de Campo Grande, por crimes ligados às eleições suplementares para prefeito que está sendo realizada neste domingo (3). Com mais esses casos, subiu para quatro o número de pessoas detidas por desrespeitarem a lei eleitoral.

No último caso, segundo boletim de ocorrência, dois homens foram flagrados tentando persuadir eleitores indígenas, o que foi considerado crime de boca de urna e arregimentação de eleitores. Os dois confessaram a prática e foram presos.

Anteriormente, outro homem também foi preso transportando eleitores em uma caminhonete.

Jornal Midiamax