Política

Deputados de MS votam projeto para aumentar número de veículos isentos de IPVA em 2022

Projeto do Poder Executivo quer isentar veículos com 15 anos de fabricação

Renata Volpe Publicado em 17/11/2021, às 07h09

Sessão será remota devido à pandemia da Covid-19
Sessão será remota devido à pandemia da Covid-19 - Reprodução

Passa pela primeira votação dos deputados estaduais de Mato Grosso do Sul nesta quarta-feira (17), projeto de lei para aumentar o número de veículos isentos do IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores) a partir de 2022.

O projeto do Poder Executivo quer isentar veículos a partir de 15 anos de fabricação. A regra atual isenta os automóveis produzidos há mais de 20 anos. Segundo o texto, se for aprovado, a isenção terá efeitos a partir de 1º de janeiro de 2022. Portanto, até a data, os automóveis fabricados até 2002, ainda terão o imposto cobrado.

Além deste projeto, os parlamentares têm mais três projetos, porém em votação única. A primeira proposta é de Rinaldo Modesto (PSDB), que declara de utilidade pública estadual a Amad (Associação Missionária Assembleia de Deus).

Os outros dois projetos são de autoria do deputado Jamilson Name (sem partido). Um deles  denomina Libério Ferreira Martins a ponte de concreto sobre o rio São Domingos, localizada na rodovia MS-245, em Água Clara. E o outro, denomina Dr. Olindo Inácio da Silva o prédio da 1ª Delegacia de Polícia Civil do município de Fátima do Sul.

Jornal Midiamax