Política

Deputado pede que quilombolas sejam incluídos em grupo prioritário de imunização contra Covid-19

O deputado estadual Pedro Kemp (PT) apresentou nesta quinta-feira (4) indicação na Alems (Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso do Sul) pedindo a inclusão dos povos quilombolas no grupo prioritário de vacinação contra a Covid-19. O documento é endereçado ao titular da SES (Secretaria de Estado de Saúde), Geraldo Resende. Na justificativa, o petista […]

Adriel Mattos Publicado em 04/02/2021, às 10h53 - Atualizado às 10h56

(Foto: Arquivo, Subcom-MS)
(Foto: Arquivo, Subcom-MS) - (Foto: Arquivo, Subcom-MS)

O deputado estadual Pedro Kemp (PT) apresentou nesta quinta-feira (4) indicação na Alems (Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso do Sul) pedindo a inclusão dos povos quilombolas no grupo prioritário de vacinação contra a Covid-19. O documento é endereçado ao titular da SES (Secretaria de Estado de Saúde), Geraldo Resende.

Na justificativa, o petista sustentou que representantes dos quilombolas pediram prioridade, principalmente para os idosos. 

“Conforme informado pelos representantes das comunidades, já foi tentado um contato com a Secretaria de Estado de Saúde para discutir a situação da população idosa deste locais que têm muita dificuldade para deslocar até os centros urbanos de saúde, mas no entanto, até a presente data ainda não foram atendidos”, escreveu o parlamentar.

O PNI (Plano Nacional de Imunização), elaborado pelo Ministério da Saúde, não inclui esse grupo na primeira etapa. O estado de São Paulo já se antecipou e começou a imunizar os quilombolas.

Na primeira fase, a SES iniciou a imunização pelos profissionais de saúde e idosos. Em Campo Grande, maiores de 60 anos em ILPIs (instituições de longa permanência) foram os primeiros a receber a primeira dose. Mais membros desse primeiro grupo estão sendo vacinados após a chegada de mais doses.

Jornal Midiamax