Política

Covid-19 compromete pulmões e ex-prefeita de Iguatemi é internada em UTI

Infectada pela segunda vez, a ex-prefeita de Iguatemi, Patricia Nelli Margatto precisou ser internada em UTI.

Dândara Genelhú Publicado em 01/01/2021, às 13h36 - Atualizado em 02/01/2021, às 08h48

A ex-prefeita de Iguatemi, Patricia Nelli Margatto (PSDB) | Foto: Divulgação
A ex-prefeita de Iguatemi, Patricia Nelli Margatto (PSDB) | Foto: Divulgação - A ex-prefeita de Iguatemi, Patricia Nelli Margatto (PSDB) | Foto: Divulgação

Infectada pela segunda vez, a ex-prefeita de Iguatemi, Patricia Nelli Margatto, precisou ser internada em UTI (Unidade de Terapia Intensiva). Devido ao coronavírus, os pulmões dela foram comprometidos e a internação aconteceu na última quinta-feira (31).

Assim, a ex-prefeita está internada com cuidados intensivos no Hospital Nossa Senhora Aparecida, em Umuarama, cidade paranaense com 127 km de distância de Iguatemi. De acordo com a Prefeitura Municipal, o acompanhamento médico acontece desde 28 de dezembro, quando houve a confirmação da infecção.

Então, com sintomas mais agravados na segunda infecção e pulmões comprometidos, Patrícia está internada em UTI com uso de respiração mecânica. Com isso, a ex-prefeita não participará da posse do prefeito eleito em Iguatemi, Lidio Ledesma, que acontece nesta sexta-feira (1º).

Além de Patrícia, o esposo da ex-prefeita também foi infectado pela segunda vez. Entretanto, Marcio Margatto recebeu alta hospitalar nesta quinta-feira (31) e mantém isolamento domiciliar.

A primeira vez em que a parlamentar contraiu o vírus foi em julho, quando os secretários municipais de Saúde, Ivoni Nabhan Pelegrinelli, e de Governo, Ednelson Pelegrinelli, também tiveram diagnóstico positivo.

Jornal Midiamax