Política

Comissão Mista de Orçamento na Câmara Federal tem dois deputados de MS na formação

Os deputados federais por Mato Grosso do Sul Beto Pereira (PSDB) e Loester Trutis (PSL) farão parte da CMO (Comissão Mista de Orçamento) da Câmara Federal. Instalado nesta quarta-feira (10), o colegiado tem incumbência de aprovar a LOA (Lei Orçamentária Anual) de 2021 até 30 de março. Presidirá os trabalhos a deputada Flávia Arruda (PL-DF) […]

Mayara Bueno Publicado em 10/02/2021, às 11h53 - Atualizado às 12h01

Deputados Beto Pereira (PSDB) e Loester Trutis (PSL). (Fotos: Arquivo Câmara Federal/Arte: Marcos Ermínio, Jornal Midiamax).
Deputados Beto Pereira (PSDB) e Loester Trutis (PSL). (Fotos: Arquivo Câmara Federal/Arte: Marcos Ermínio, Jornal Midiamax). - Deputados Beto Pereira (PSDB) e Loester Trutis (PSL). (Fotos: Arquivo Câmara Federal/Arte: Marcos Ermínio, Jornal Midiamax).

Os deputados federais por Mato Grosso do Sul Beto Pereira (PSDB) e Loester Trutis (PSL) farão parte da CMO (Comissão Mista de Orçamento) da Câmara Federal. Instalado nesta quarta-feira (10), o colegiado tem incumbência de aprovar a LOA (Lei Orçamentária Anual) de 2021 até 30 de março.

Presidirá os trabalhos a deputada Flávia Arruda (PL-DF) e, ao todo, são 31 deputados federais e 11 senadores somado a número igual de suplentes. Beto Pereira ficou como titular da Comissão de Orçamento do grupo formado por PSL, PP, PSD, MDB, PL, Republicanos, DEM, PSDB, Solidariedade, PTB, Patriota, PSC, Pros e Avante. Parte do mesmo bloco, Loester Trutis ficou como suplente do deputado Delegado Pablo (PSL/AM) na comissão.

De acordo com a Agência Câmara, a CMO é responsável por analisar previamente propostas da LOA, LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) e PPA (Plano Plurianual). Em 2020, o grupo não foi instalado por causa da pandemia, que impediu trabalho presencial, além de impasse político quanto à indicação para presidência.

Pelas regras, a cada ano há alternância na presidência do colegiado e as relatorias da LDO e da LOA entre as representações da Câmara e do Senado. No atual mandato, o relator da proposta de LDO foi o senador Irajá (PSD-TO). A relatoria do Orçamento (PLN 28/20) caberá ao senador Marcio Bittar (MDB-AC).

(Com Agência Câmara de Notícias).

Jornal Midiamax