Política

Com surgimento de variantes da Covid-19, Nelsinho mostra preocupação com Carnaval

Senador protocolou requerimento pedindo debate sobre o assunto

Renan Nucci Publicado em 29/11/2021, às 08h35

Nelsinho Trad, senador de MS
Nelsinho Trad, senador de MS - Divulgação

Médico de ofício, o senador sul-mato-grossense Nelsinho Trad (PSD) demonstra preocupação com a realização do Carnaval 2022, em razão do surgimento de novas variantes da Covid-19. O parlamentar solicitou ao Senado debate com especialistas, autoridades da saúde e gestores públicos sobre as medidas de segurança necessárias para garantir o controle sanitário.

Na semana passada, ele protocolou requerimento pedindo uma discussão mais ampla sobre o tema e, na sexta-feira (26), a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) publicou nota recomendando, justamente, medidas restritivas para voos vindos de parte da África. 

"Esse alerta nos traz mais preocupações diante do anúncio feito em alguns estados brasileiros, onde autoridades confirmaram a disposição de retomar as festas carnavalescas. Não há informações sobre quais protocolos serão aplicados e possíveis exigências", disse.

A pandemia também gera temor em países europeus. A Organização Mundial da Saúde (OMS) alertou, nesta semana, que a covid poderá provocar 700 mil mortes na Europa até a primavera, se a tendência atual de contágios se mantiver. "Ainda segundo a OMS, a Europa está de novo no epicentro da pandemia com, em média, 250 mil novos casos e 3.600 óbitos. Até em Portugal, onde a população total vacinada representa 87%, o governo cogita novas medidas de segurança. Há ainda a preocupação com novas variantes e o Brasil é prova disso", alerta o senador, relembrando o que ocorreu no caso da variante gama. 

A partir das estatísticas, o senador Nelsinho Trad também pontua que o trânsito internacional, agora, gradativamente retomado, implicará em novos impactos epidemiológicos, principalmente nos eventos de massa. "Com a atual situação da pandemia, a pergunta central do debate que propomos é: o nosso país está preparado para abertura das festas de carnaval?"

O requerimento levado pelo senador será apresentado em Plenário na próxima terça-feira (30). Para o debate, serão convidados: representantes do Ministério da Saúde, Anvisa, Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz), da Sociedade Brasileira de Infectologia, da Secretaria Extraordinária de Combate à Covid-19, entre outras instituições.

Jornal Midiamax