Política

Carlão é oficializado como presidente da Mesa Diretora da Câmara de Campo Grande

Após a posse dos 29 vereadores de Campo Grande, foi decidida a Mesa Diretora da Câmara de Campo Grande, com Carlão como presidente.

Dândara Genelhú Publicado em 01/01/2021, às 19h45 - Atualizado em 02/01/2021, às 11h44

Foto: Reprodução/ Redes Sociais.
Foto: Reprodução/ Redes Sociais. - Foto: Reprodução/ Redes Sociais.

Após a posse dos 29 vereadores de Campo Grande, foi decidida a Mesa Diretora da Câmara de Campo Grande. A votação aconteceu nesta sexta-feira (1) e oficializou Carlão (PSB) como presidente da Casa.

Assim, a nova Mesa foi definida por unanimidade, ou seja, os 29 vereadores votaram a favor da chapa. “Temos apenas uma chapa inscrita para concorrer ao pleito”, informou o antigo presidente da Câmara, João Rocha (PSDB).

A gestão ficará à frente da Casa por dois anos, ou seja, até 2022. Em sessão com medidas de biossegurança, vereadores votaram um a um, utilizando máscara de proteção e mantendo distanciamento social.

“Com certeza vamos trabalhar em prol da cidade”, afirmou Carlão ao votar sim na própria chapa. O segundo secretário, vereador Papy (Solidariedade), declarou que se orgulha de compor a Mesa. “Acompanhei desde quando tomou posse, Carlão faz jus ao nome que carrega: comunitário”, disse.

Então, durante a votação, João Rocha disse que a escolha de não concorrer ao título é um grande passo para Câmara. “Não dei um passo atrás, dei uma baita de um passo à frente, para união dessa Casa”. Além disto, afirmou que as cobranças são grandes e que nem sempre podem ser cumpridas, mas que a união ajuda no processo das decisões.

Por fim, declarou confiança no voto positivo para Carlão, que foi o primeiro-secretário de João Rocha. “Conheço seu coração, sua índole, mas conheço também sua competência. Sempre conversamos que faríamos o melhor para a Câmara de Campo Grande”, disse Rocha ao atual presidente da Casa.

Com isso, foi definida a nova Mesa Diretora da Câmara de Campo Grande. A diretoria é formada por Carlão (PSB) na presidência, Dr. Loester (MDB) na primeira vice-presidência; Betinho (Republicanos) na segunda vice-presidência, Edu Miranda (Patriota) na terceira vice-presidência; Delei Pinheiro (PSD) na primeira secretaria, Papy (Solidariedade) fica com a segunda-secretaria e Ronilço Guerreiro (Podemos) com a terceira-secretaria.

Jornal Midiamax