Política

Bernal diz que PP não decidiu sobre candidatura ou apoio a 'André, Trad ou Reinaldo' no próximo ano

Ex-prefeito diz que partido ainda não se reuniu e aguarda decisão na nacional

Mayara Bueno Publicado em 10/05/2021, às 10h05

Ex-prefeito de Campo Grande Alcides Bernal.
Ex-prefeito de Campo Grande Alcides Bernal. - (Foto: Arquivo Midiamax)

Dizendo que continua fazendo política fora do palanque, o ex-prefeito de Campo Grande Alcides Bernal (PP) afirmou que a direção não decidiu sobre candidatura em 2022 ou se participará como 'segunda opção para apoiar André, Trad ou Reinaldo'. Bernal, no entanto, diz que não apoia caso o partido opte por um destes nomes - a um ano e meio das eleições do próximo ano, o assunto é discutido ainda no campo de cogitações.

"Continuo fazendo a boa política, mantendo contato com as pessoas, respeitando as regras sanitárias. Quanto a disputar eleição, não faz parte da minha intenção, pois a direção nacional e regional do partido ainda não se reuniu para deliberar", disse antes de citar os nomes do ex-governador André Puccinelli (MDB), do prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD), e do governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB).

Outra dúvida é a permanência no PP. Alcides Bernal disse que a decisão também dependerá da confirmação na mudança na direção do partido. Em Campo Grande, Esacheu Nascimento foi o nome da sigla partidária para disputa à prefeitura e recebeu 2,45% dos votos - apenas um vereador foi eleito para Câmara Municipal, Dr. Victor Rocha.

Na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, o PP é composto pelos deputados Evander Vendramini e Gerson Claro que, inclusive, ocupou a liderança do governador Reinaldo  na Casa de Leis. 

Jornal Midiamax