Política

Após briga, vereador ‘perde a linha’ e chama membros de grupo de analfabetos em MS

O presidente da Câmara de Vereadores de Guia Lopes da Laguna, Assis Fabrício Barbosa Junior (PSDB) chamou os membros de um grupo privado, de burros, analfabetos e bobos, após críticas feitas aos trabalhos legislativos no município. O grupo fechado chama Amigos do Hospital. O áudio está circulando nas redes sociais e dizendo que Assis ofendeu […]

Renata Volpe Publicado em 22/03/2021, às 12h55 - Atualizado às 13h59

Presidente da Câmara de Vereadores, Assis Barbosa Junior. (Divulgação)
Presidente da Câmara de Vereadores, Assis Barbosa Junior. (Divulgação) - Presidente da Câmara de Vereadores, Assis Barbosa Junior. (Divulgação)

O presidente da Câmara de Vereadores de Guia Lopes da Laguna, Assis Fabrício Barbosa Junior (PSDB) chamou os membros de um grupo privado, de burros, analfabetos e bobos, após críticas feitas aos trabalhos legislativos no município.

O grupo fechado chama Amigos do Hospital. O áudio está circulando nas redes sociais e dizendo que Assis ofendeu inclusive as mulheres. 

No áudio, o presidente diz que ele tenta se explicar sempre quando é questionado. “Eu faço parte desse grupo e estou vendo que o grupo não está levando a sério a ajuda. Tem umas matusquela, analfabetas que fala mal do prefeito, vereador. Pessoas que nem sabe o que está acontecendo na vida, são semianalfabetas, criticam vereadores, prefeito e é muito triste estar no grupo de semianalfabetos”. (sic)

Assis continua o áudio explicando a função do vereador. “Se esses semianalfabetos que dizem que o vereador está errado, se candidatem na próxima eleição. Uns bobos, analfabetos. Burro que fica latindo, não sabe o que é prefeito, vereador, não sabe nada”. 

Ele ainda diz que alguém está enchendo o saco, perturbando. “Umas bobona, não sabe nada. Analfabeta, eu não posso mais aceitar esse tipo de condição, dessas matusquelas, vão procurar serviço, analfabetas”. (sic)

Ao Jornal Midiamax, Assis confirmou ter mandado o áudio, mas disse ter perdido a cabeça por sempre ser vítima de críticas do grupo de oposição. “A gente, como ser humano, chega no limite do que pode fazer. Esse grupo foi criado para atender a população, mas ficam falando mal dos vereadores”.

O presidente diz ainda que o grupo foi criado para ajudar o hospital municipal, mas algumas pessoas levam para o lado político. “São da oposição, porque eu apoio o prefeito. Eles atacam a gente, inclusive em mensagem no privado”.

Por fim, Assis pede desculpas a população. “Perdi a cabeça e aproveito para me desculpar com as pessoas”.

Jornal Midiamax