Política

Prefeita de Dourados confirma infecção por coronavírus e diz “que Deus está no comando”

A prefeita Délia Razuk (PTB) confirmou na manhã desta quinta-feira (16) que está com Covid-19, conforme adiantou na quarta-feira (15) o Jornal Midiamax. Ela disse que apresentou sintomas leves de gripe na segunda-feira e logo fez o teste, que deu positivo para o novo coronavírus. Desde então, a prefeita tomou todas as precauções, a começar […]

Marcos Morandi Publicado em 16/07/2020, às 10h36 - Atualizado às 10h54

Resultado positivo da prefeita saiu na quinta-feira. (Foto: A.Frota).
Resultado positivo da prefeita saiu na quinta-feira. (Foto: A.Frota). - Resultado positivo da prefeita saiu na quinta-feira. (Foto: A.Frota).

A prefeita Délia Razuk (PTB) confirmou na manhã desta quinta-feira (16) que está com Covid-19, conforme adiantou na quarta-feira (15) o Jornal Midiamax. Ela disse que apresentou sintomas leves de gripe na segunda-feira e logo fez o teste, que deu positivo para o novo coronavírus. Desde então, a prefeita tomou todas as precauções, a começar pelo isolamento social.

A prefeita afirmou, ainda, que se sente bem e apesar do repouso, está despachando em home office e acompanhando remotamente as ações contra a doença em Dourados. “Estou bem. Deus está no comando de tudo. Peço às pessoas que continuem se cuidando, que usem máscaras e mantenham o distanciamento. Tudo isso vai passar. Que Deus abençoe a todos”, disse.

A testagem positiva da prefeita Délia  saiu na manhã de quarta-feira (15) e já havia sido confirmada pelo filho da prefeita, o deputado estadual Neno Razuk (PTB), que também está infectado pela doença. Na nota, novamente não foi informado se ela está com sintomas da doença.

Segundo o boletim do Comitê de Gerenciamento de Crise da Covid-19 de Dourados, 3.649 pessoas foram infectadas pela doença, dessas, 2.208 foram consideradas recuperadas e 1.373 ainda estão em isolamento domiciliar.

Conforme o Comitê, o município registra 43 pessoas internadas devido ao coronavírus. Desse total, 17 estão em leitos de enfermaria e 26 em UTI (Unidade de Terapia Intensiva). Dados do Boletim Epidemiológico também apontam 46 óbitos.

Jornal Midiamax