Política

Nova Andradina tem mais um candidato a prefeito autorizado pelo TRE-MS

Mais uma candidatura a prefeito foi deferida pelo TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul) na cidade de Nova Andradina, distante 296 quilômetros de Campo Grande. Para que todas sejam autorizadas, resta apenas um candidato para ser julgado pela Justiça Eleitoral. O município conta com cinco candidatos e quatro com as candidaturas autorizadas. […]

Carolina Rocha Publicado em 20/10/2020, às 17h06 - Atualizado às 17h35

Candidato Roberto Hashioka (PSDB). (Foto: reprodução do Facebook do candidato)
Candidato Roberto Hashioka (PSDB). (Foto: reprodução do Facebook do candidato) - Candidato Roberto Hashioka (PSDB). (Foto: reprodução do Facebook do candidato)

Mais uma candidatura a prefeito foi deferida pelo TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul) na cidade de Nova Andradina, distante 296 quilômetros de Campo Grande. Para que todas sejam autorizadas, resta apenas um candidato para ser julgado pela Justiça Eleitoral.

O município conta com cinco candidatos e quatro com as candidaturas autorizadas. Nesta terça-feira (20), Roberto Hashioka, candidato pelo PSDB, teve sua candidatura deferida.

Além dele, Dr Omar, do PSL, o candidato conhecido como Engenheiro Moammar, do Avante e Luiz Tadao Mitsunaga, como Profesor Tadao, do PT, já foram julgados e tiveram as candidaturas autorizadas.

O único candidato que ainda aguarda o julgamento da candidatura pelo TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul) é Gilberto Garcia, do PL.

A publicação do deferimento da candidatura de Roberto Hashioka (PSDB), está publicado no Mural Eletrônico do TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul) e assinado pelo Juiz da 5ª Zona Eleitoral, Robson Celestes Candelório.

Jornal Midiamax