Política

Na cidade de MS com mais mulheres na Câmara Municipal, maioria dos 80 candidatos são homens

Das cinco parlamentares, uma quer trocar o Legislativo pelo comando do Executivo

Adriel Mattos Publicado em 26/09/2020, às 16h08

Na ordem: Claudinha (candidata a prefeita), Celinha, Natacha, Niágara e Eloir
(Divulgação, Câmara Municipal)
Na ordem: Claudinha (candidata a prefeita), Celinha, Natacha, Niágara e Eloir (Divulgação, Câmara Municipal) - Na ordem: Claudinha (candidata a prefeita), Celinha, Natacha, Niágara e Eloir (Divulgação, Câmara Municipal)

Coronel Sapucaia, cidade no sul de Mato Grosso do Sul, tem o maior número de mulheres vereadoras, mas nesta eleição, corre risco de perder essa maioria. É que uma delas, Cláudia Maciel (PSD), decidiu concorrer à prefeitura.

As outras quatro vão tentar permanecer na Casa de Leis. Contando com elas, outras 29 disputam as nove cadeiras. O município tem outros quatro vereadores.

Dez partidos lançaram candidatos à Câmara. O PSD vai ter o maior número de mulheres na disputa: sete, de um total de dez postulantes. Já o Podemos terá uma ampla maioria masculina: de dez candidatos, apenas duas são mulheres.

PDT e MDB dividiram a chapa igualmente. O primeiro terá quatro homens e quatro mulheres e o segundo terá três homens e três mulheres na chapa proporcional.

No total, são 80 candidatos na cidade, sendo 33 mulheres e 47 homens. Isso significa que 41,25% dos postulantes são mulheres.

Além de Cláudia – que é 1ª secretária da Mesa Diretora -, a Casa de Leis ainda conta com a vice-presidente Célia Arias Davalos (Podemos), a 2ª secretária Natacha Kuasne (Patriota), Maria Eloir (MDB) e Niágara Kraievski (Patriota).

Jornal Midiamax