Política

LISTA: Seis candidatos concorrem à prefeitura de Corumbá em 2020

Nas eleições de 2020, o município de Corumbá, distante 426 km de Campo Grande, tem seis candidatos ao cargo de prefeito. Dentro eles, dois são milionários e dois não declararam os bens. Anisio Guató é candidato pelo PSOL (Partido Socialismo e Liberdade) e está tentando pela segunda vez a prefeitura de Corumbá – a primeira […]

Fábio Oruê Publicado em 29/09/2020, às 15h55

(Imagem: Reprodução)
(Imagem: Reprodução) - (Imagem: Reprodução)

Nas eleições de 2020, o município de Corumbá, distante 426 km de Campo Grande, tem seis candidatos ao cargo de prefeito. Dentro eles, dois são milionários e dois não declararam os bens.

Anisio Guató é candidato pelo PSOL (Partido Socialismo e Liberdade) e está tentando pela segunda vez a prefeitura de Corumbá – a primeira vez foi em 2008. Nesta tem como vice Jairo do Assentamento. Também concorreu a deputado federal, senador e vereador por duas vezes.

Guató é indígena e trabalha como vigilante. Além disso, tem somente um imóvel residencial, no valor de R$ 110 mil, declarado.

Dr. Gabriel é candidato pelo PSD (Partido Social Democrático) e foi eleito vereador na eleição anterior. Tem como vice Bruno Migueis. Gabriel é médico e tem R$ 2.021.003,89 em bens declarados.

Entre eles, há três terrenos, avaliados em R$ 156 mil, duas casas que juntas valem R$ 1.335.000, além de quatro veículos – sendo duas caminhonetes – e uma lancha no valor de R$ 15 mil.

Elano Holanda é candidato pelo PSL (Partido Social Liberal) e está em sua quarta eleição para prefeito – também concorreu em 2008, 2012 e 2016. Sua vice é a Professora Berê. Em 2010 tentou o cargo de deputado federal. Elano é engenheiro e não cadastrou nenhum bem no banco de dados do TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

Joseane Garcia é candidata pelo PRTB (Partido Renovador Trabalhista Brasileiro) e está em sua primeira eleição. Seu vice é Ildes Pauliquevis. Joseane tem como ocupação o cargo de atuária e matemática. É a única mulher a concorrer ao cargo máximo na prefeitura e também não cadastrou bens no TSE.

Marcelo Iunes é candidato pelo PSDB (Partido da Social Democracia Brasileira) e está tentando a reeleição – como vice-prefeito eleito em 2016, assumiu a prefeitura em novembro de 2017 com a morte de Ruiter Cunha. Seu vice nesta eleição é Bruno Migueis Pinto.

Iunes tem R$ 854.339,11 declarados, entre eles, dois carros (R$ 261.159,17), quatro terrenos (R$ 165 mil) e uma casa no valor de R$ 420 mil.

Paulo Duarte é candidato pelo MDB (Movimento Democrático Brasileiro) e tenta a prefeitura pela terceira vez. Duarte foi eleito deputado estadual em 2010 (concorreu também em 2006), mas deixou o cargo para concorrer à prefeitura de Corumbá em 2012, sendo eleito – tentou a reeleição, mas perdeu para Ruiter Cunha.

Duarte é servidor público civil aposentado e tem como vice Luciana Cândia. Além disse, declarou R$ 2.353.239,89 em bens. O candidato tem uma casa, de R$ 49.939,72, e um apartamento, de R$ 1.201.550, em Campo Grande, e um carro no valor de R$ 133.240, entre outros.

Todos os candidatos citados têm o limite legal de gastos em R$ 832.823,48.

Propostas de governo:

Anisio Guato

Dr. Gabriel

Elano

Joseane Garcia

Marcelo Iunes

Paulo Duarte

Jornal Midiamax