Política

Justiça suspende cassação de vereador que filmou muro derrubado por chuva

A Justiça suspendeu a cassação do vereador por São Gabriel do Oeste, Rogério Rohr (PSD), denunciado por decoro parlamentar após gravar um por filmar e derrubar muro de lixão já danificado pelas chuvas, no último dia no dia 13 de outubro. A decisão é do juiz Juliano Luiz Pereira. Aparentemente emocionado, o vereador gravou um […]

Diego Alves Publicado em 30/12/2020, às 20h27

Vereador derrubando parte do muro (reprodução)
Vereador derrubando parte do muro (reprodução) - Vereador derrubando parte do muro (reprodução)

A Justiça suspendeu a cassação do vereador por São Gabriel do Oeste, Rogério Rohr (PSD), denunciado por decoro parlamentar após gravar um por filmar e derrubar muro de lixão já danificado pelas chuvas, no último dia no dia 13 de outubro.

A decisão é do juiz Juliano Luiz Pereira. Aparentemente emocionado, o vereador gravou um vídeo e postou nas redes sociais.

Vereadores da cidade cassaram no último dia 22, o mandato de Rogério Rohr por violação de decoro parlamentar. Rohr foi cassado após o prefeito Jeferson Tomazoni (PSDB) denunciar o parlamentar por violação de decoro parlamentar.

A denúncia foi feita pelo fato do vereador derrubar parte do muro do lixão da cidade no dia 13 de outubro, após uma chuva com ventos de 47 quilômetros por hora, que já havia destruído parte do muro. Ele filmou a ação e chegou a insinuar que teria ocorrido superfaturamento da obra do muro, por parte do prefeito.

Rohr disse que o prefeito embolsou o dinheiro público para campanha eleitoral. Na época, a Polícia Civil chegou a instaurar um inquérito policial para apurar dano ao patrimônio público, após o vídeo circular nas redes sociais.

Jornal Midiamax