Política

Governo de MS decreta 3 dias de luto por morte de Dirceu Lanzarini

Luto oficial pela morte do ex-prefeito de Amambai e assessor especial do Governo de Mato Grosso do Sul, Dirceu Lanzarini, de 62 anos, foi publicado no Diário do Estado desta quarta-feira (26), com data do dia da morte, na última segunda-feira (24), após já ter sido anunciado pelo governo. O decreto é assinado pelo vice-governador […]

Renata Volpe Publicado em 26/02/2020, às 07h26 - Atualizado às 11h45

Dirceu Lanzarini foi morto aos 62 anos de idade. (Arquivo)
Dirceu Lanzarini foi morto aos 62 anos de idade. (Arquivo) - Dirceu Lanzarini foi morto aos 62 anos de idade. (Arquivo)

Luto oficial pela morte do ex-prefeito de Amambai e assessor especial do Governo de Mato Grosso do Sul, Dirceu Lanzarini, de 62 anos, foi publicado no Diário do Estado desta quarta-feira (26), com data do dia da morte, na última segunda-feira (24), após já ter sido anunciado pelo governo.

O decreto é assinado pelo vice-governador em exercício, Murilo Zauith (DEM). O luto oficial é por três dias. A publicação conta uma breve história da vida de Dirceu. Ele nasceu em São Paulo, em 30 de outubro de 1958, engenheiro agrônomo escolheu Amambai para morar, tendo construído uma destacada trajetória profissional e política no Estado. 

Dirceu Lanzarini trabalhou na Agraer (Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural), depois foi eleito prefeito de Amambai, ficando no cargo por três mandatos (1997 a 2000, 2001 a 2004 e de 2009 a 2012). 

Ainda conforme o decreto do governo, Lanzarini comandou a Fundesporte (Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul) e, que por ser municipalista com visão política articulada, foi Presidente da Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul entre 2003 e 2004. 

O ex-prefeito era assessor especial do escritório de Gestão Política, vinculado à Governadoria do Estado. 

Jornal Midiamax