Política

‘Gostaria que estivesse ao lado de Campo Grande’, diz Marquinhos sobre Rose Modesto

“Eu respeito a decisão dela, mas lamento”, afirmou o prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD), sobre o posicionamento da deputada federal Rose Modesto (PSDB). Ela disse que não subirá no palanque do atual prefeito nas eleições de 2020. O PSDB, enfraquecido pelas adversidades políticas que desgastam o governador Reinaldo Azambuja (PSDB), anunciou na quinta-feira […]

Mayara Bueno Publicado em 11/09/2020, às 12h35 - Atualizado às 18h23

Marquinhos Trad espera que deputada federal Rose Modesto (PSDB) 'reveja posição' (Assessoria, Rose Modesto)
Marquinhos Trad espera que deputada federal Rose Modesto (PSDB) 'reveja posição' (Assessoria, Rose Modesto) - Marquinhos Trad espera que deputada federal Rose Modesto (PSDB) 'reveja posição' (Assessoria, Rose Modesto)

“Eu respeito a decisão dela, mas lamento”, afirmou o prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD), sobre o posicionamento da deputada federal Rose Modesto (PSDB). Ela disse que não subirá no palanque do atual prefeito nas eleições de 2020.

O PSDB, enfraquecido pelas adversidades políticas que desgastam o governador Reinaldo Azambuja (PSDB), anunciou na quinta-feira (10) que não lançará candidato ao Paço Municipal da Capital neste ano. A legenda declarou apoio à campanha pela reeleição de Marquinhos Trad.

Marquinhos Trad deve continuar com Adriane Lopes como candidata a vice-prefeita.

Rose, por sua vez, chegou a colocar o nome à disposição dos tucanos. Em 2016, inclusive, ela concorreu ao segundo turno, quando foi derrotada pelo atual prefeito, Marquinhos Trad.

‘Ao lado de Campo Grande’

“Eu gostaria que ela estivesse, não ao meu lado, mas ao lado de Campo Grande, cidade que lhe acolheu, a fez vereadora, vice-governadora e deputada federal”, disse Marquinhos sobre Rose Modesto.

Ainda, afirma esperar que a deputada federal reveja o posicionamento e caminhe ao lado na campanha em busca da reeleição.

Em 2018, quando Reinaldo Azambuja disputou o segundo mandato à frente do Governo de Mato Grosso do Sul, Marquinhos o apoiou, com papel decisivo no segundo turno das eleições em Campo Grande.

Jornal Midiamax