Política

ELEIÇÕES 2020: Com 53% dos votos, Edilson Magro é eleito prefeito de Coxim

Edilson Magro (DEM) foi eleito prefeito de Coxim, cidade no norte do Estado. O resultado das eleições de 2020 foi anunciado na noite deste domingo (15) pelo TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul). Edilson Magro encabeçou a chapa “Competência, Honestidade e Trabalho” (DEM / PSDB / PP) e teve seis concorrentes: Pedro […]

Adriel Mattos Publicado em 15/11/2020, às 22h03 - Atualizado às 22h42

Edilson Magro recebeu 9.355 votos (Arte: Deyvid Guimarães / Jornal Midiamax)
Edilson Magro recebeu 9.355 votos (Arte: Deyvid Guimarães / Jornal Midiamax) - Edilson Magro recebeu 9.355 votos (Arte: Deyvid Guimarães / Jornal Midiamax)

Edilson Magro (DEM) foi eleito prefeito de Coxim, cidade no norte do Estado. O resultado das eleições de 2020 foi anunciado na noite deste domingo (15) pelo TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul).

Edilson Magro encabeçou a chapa “Competência, Honestidade e Trabalho” (DEM / PSDB / PP) e teve seis concorrentes: Pedro Ronny (PDT), com 19,51%; Carlão da Triângulo (PSD), 11,06%; Vladimir Ferreira (PT), 7,96%; Dr. Osiel de Souza (Solidariedade), 5,14%; Engenheiro Zanin (Republicanos), 2,47%; e Airton da Farmácia (PV), que teve 0,47%.

Edilson Magro toma posse em 1º de janeiro de 2021, após a transmissão do cargo de Aluízio São José (PSB), que permanece até 31 de dezembro deste ano.

Coxim tem uma população estimada de 33.459 habitantes, segundo dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). E conforme o TSE (Tribunal Superior Eleitoral), 25.799 estavam aptos para votar.

Quem é

Advogado de 52 anos, Edilson Magro foi eleito vice-prefeito na chapa de Aluízio São José. Esta foi a segunda eleição que disputou.

Histórico

Em 2004, Moacir Kohl (PDT) foi eleito prefeito. Quatro anos depois, foi derrotado por Dinalva Mourão (PMDB).

Dinalva não disputou a reeleição em 2012, abrindo espaço para a vitória de Aluízio São José. Ele conquistou o segundo mandato quatro anos depois.

Jornal Midiamax