Política

Demora na apuração dos votos deixa apoiadores agoniados no comitê de Marquinhos Trad

Agonia e persistência se misturam entre os apoiadores no comitê do candidato à reeleição Marquinhos Trad (PSD), nos altos da Avenida Afonso Pena. Eleitores do atual prefeito estão reunidos no local desde 17h para acompanhar a apuração, atrasada após tentativa de ataque hacker aos sistemas do TSE (Tribunal Superior Eleitoral). Pelo menos uma centena de […]

Jones Mário Publicado em 15/11/2020, às 21h05 - Atualizado às 22h23

Apoiadores reunidos no comitê de Marquinhos Trad (Foto: Marcos Ermínio/Midiamax)
Apoiadores reunidos no comitê de Marquinhos Trad (Foto: Marcos Ermínio/Midiamax) - Apoiadores reunidos no comitê de Marquinhos Trad (Foto: Marcos Ermínio/Midiamax)

Agonia e persistência se misturam entre os apoiadores no comitê do candidato à reeleição Marquinhos Trad (PSD), nos altos da Avenida Afonso Pena. Eleitores do atual prefeito estão reunidos no local desde 17h para acompanhar a apuração, atrasada após tentativa de ataque hacker aos sistemas do TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

Pelo menos uma centena de apoiadores se reúne no QG de Marquinhos, como César Billerbeck, líder comunitário do Bairro Universitário. “Essa demora deixa a gente agoniado. Nós, que apoiamos alguns candidatos a vereador também, queremos saber logo o resultado”, disse.

Entre bandeiras e adesivos do candidato à reeleição, a atendente de farmácia Lucimara Cordeiro levou marido, o frentista Renato Rodrigues, e os dois filhos, um de oito anos e outro ainda de colo, com nove meses.

Demora na apuração dos votos deixa apoiadores agoniados no comitê de Marquinhos Trad
Lucimara e família no comitê de Marquinhos (Foto: Marcos Ermínio/Midiamax)

“A gente votou nele porque gostou do trabalho e veio acompanhar o resultado”, afirmou ela, que não trabalhou na campanha do atual prefeito. “Vamos ficar até o final”, garantiu a moradora do Jardim Carioca.

A ansiedade tirou parte dos apoiadores de Marquinhos Trad das cadeiras distribuídas no comitê. Inquietos com a totalização dos votos, que já dura três horas, entusiastas do candidato preferiram esperar do lado de fora.

Uma apoiadora, que preferiu não se identificar à reportagem, foi embora para acompanhar o restante da apuração de casa. “Já estou bastante cansada”, falou.

Com 44,5% das seções totalizadas, Marquinhos Trad (PSD) tem 53,15% dos votos, à frente de Sérgio Harfouche (Avante), com 11,41% e candidatura sub judice; e de Pedro Kemp, com 8,31%.

Até agora, 205.674 votos foram contabilizados em Campo Grande.

Jornal Midiamax